Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT) >
IGOT - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/3873

Title: Contribuição para o estudo dos movimentos de vertente desencadeados por eventos sísmicos em Portugal Continental
Authors: Vaz, Teresa Gregório
Advisor: Zêzere, José Luís,1962-
Keywords: Sismos - Portugal
Movimentos de vertente - Portugal
Geomorfologia - Portugal
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Abstract: A actividade sísmica é, muitas vezes, responsável pelo desencadeamento de movimentos de vertente, os quais ampliam as consequências dos próprios sismos. O território de Portugal Continental localiza-se num ambiente tectónico responsável por uma actividade neotectónica e sísmica relevante (Cabral, 1993). Mas enquanto a informação sobre sismicidade histórica encontra-se compilada, a informação sobre movimentos de vertente desencadeados pelos sismos é ainda muito reduzida. Considerando a dispersão da informação e o pouco tratamento dado ao assunto, neste trabalho procurou-se: (i) identificar os movimentos de vertente desencadeados por eventos sísmicos no território de Portugal Continental; (ii) reconhecer esses movimentos na morfologia actual e reunir as suas principais características; e (iii) analisar a sua distribuição espacial e compará-la com a dos movimentos associados a outros factores desencadeantes, nomeadamente a precipitação. Neste contexto, foram identificados 29 movimentos de vertente, através dos registos históricos, os quais foram posteriormente inseridos numa base de dados e cartografados com o rigor possível. A identificação dos movimentos de vertente na morfologia actual apoiou-se na análise de informação cartográfica, fotográfica, histórica, arqueológica, na criação de modelos digitais de elevação de pormenor e em trabalho de campo. No entanto, o tempo decorrido sobre os movimentos de vertente e as alterações na morfologia dificultaram o seu reconhecimento, não sendo exequível, na maior parte dos casos, uma identificação rigorosa ao nível da vertente. Desta forma, nem sempre foi possível estabelecer relações entre os movimentos de vertente, os factores condicionantes e os parâmetros sísmicos. No entanto, foi possível concluir que os movimentos de vertente desencadeados por sismos concentram-se quase exclusivamente na parte sul e centro de Portugal continental, em claro contraste com a distribuição conhecida para os movimentos desencadeados pela precipitação, que tendem a ocorrer mais frequentemente no norte e centro do país. Foram igualmente coligidas outras consequências morfodinâmicas e hidrológicas desencadeadas pelos sismos com base nos registos históricos, como é o caso das alterações ao nível das nascentes/fontes, a formação de fendas e ocorrência de liquefacção.
ABSTRACT The seismic activity often induces landslides, which amplify the consequences of earthquakes. The Portugal mainland territory is located in a tectonic environment responsible for a relevant neotectonic and seismic activity (Cabral, 1993). Although the historical seismicity data have been compiled, the information addressing earthquake induced landslides is missing. Considering the dispersion of information, and the little work on the subject until now, the main purpose of this work is: (i) to identify landslides induced by seismic events in Portugal mainland territory, (ii) to recognize the current morphology of these slope movements and their main geomorphologic features; (iii) to analyze the spatial distribution of earthquake-triggered landslides and to compare it with the spatial distribution of landslides triggered by rainfall. 29 landslides were identified through historical records; afterwards these were included into a database and mapped, as rigorous as possible. The identification of landslides in the present morphology was based in the analysis of cartographic, photographic, historical and archaeological documents, and was supported by digital elevation models and field work. However, the terrain recognition of landslides was very difficult because of the elapsed time on the landslides and morphologic modifications. In most cases, it was not possible to accomplish the accurate identification of landslides at the slope level. Consequently, establishing the relationship between landslides, the conditioning factors and the seismic parameters was not always possible. However, it is possible to conclude that earthquake-triggered landslides concentrate in the southern and central of Portugal mainland, contrasting with the recurrent occurrence of landslide induced by precipitation in the north and center part of the country. Other morphodynamic and hydrological consequences triggered by earthquakes were also collected, based on historical records, such as the modifications in the sources, the cracks formation and liquefaction occurrence.
Description: Tese de mestrado, Geografia Física e Ordenamento do Território, Universidade de Lisboa, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/3873
Appears in Collections:IGOT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
igotul000956_tm.pdf58.41 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE