Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/3894

Title: A leitura de um clássico na sala de aula: Peregrinação, de Fernão Mendes Pinto
Authors: Brízida, Elsa Susana Clarinha
Advisor: Amaral, Fernando Pinto do,1960-
Navas, Rute
Keywords: Língua portuguesa
Ensino de línguas
Cânones literários
Ensino básico
Relatórios da Prática de Ensino Supervisionada - 2010
Issue Date: 2010
Abstract: O presente relatório é o resultado de uma prática de ensino supervisionada, correspondente a uma unidade didáctica de seis aulas de noventa minutos, desenvolvida na disciplina de Língua Portuguesa numa turma de 7.º ano do Ensino Básico e centrada na leitura orientada de um clássico em sala de aula. Deste modo, pretende-se analisar o percurso encetado no cumprimento da unidade didáctica em questão, explicitando-se as estratégias de ensino utilizadas (planificações, tarefas, materiais e métodos de avaliação). A Peregrinação de Fernão Mendes Pinto, adaptada por Aquilino Ribeiro, foi o clássico escolhido, de acordo com a competência da leitura da referida turma do 7.º ano de escolaridade e as orientações indicadas nos Programas de Língua Portuguesa e no Plano Nacional de Leitura. Os dados recolhidos permitem caracterizar o comportamento da turma perante o desafio proposto e alertam para a necessidade de proporcionar modos de ler dinâmicos e atractivos, em particular os que correspondem à leitura literária, para que o aluno consiga estabelecer diálogos essenciais e pertinentes com a sua realidade e, assim, corroborar o valor e a actualidade do clássico. A leitura de um clássico literário ou de respectivas adaptações funciona, assim, como um importante veículo de construção de referências culturais, estéticas e humanas.
ABSTRACT: This report is the result of a supervised teaching practice, matching a didactic unit of six classes with the duration of ninety minutes each in the subject of Portuguese Language. The classes belonged to the seventh grade in high school and were centered in a guided reading of a classic in the classroom. This will allow the analysis of the course made in the fulfillment of the studied didactic unit, while explaining the teaching strategies used (planning, tasks, materials and evaluation methods). A Peregrinação by Fernão Mendes Pinto, an adaptation by Aquilino Ribeiro, was the chosen classic, according to the reading skills of the mentioned seventh grade class and the indicated orientation both in the Portuguese Language Programs and the National Reading Plan. The collected data allows the characterization of the class’s behavior face to the proposed challenge. They also warn the need to provide dynamic and attractive reading ways, particularly the ones concerning literary reading. This way, an essential and relevant dialogue will be established by the students and their own reality, which will allow them to substantiate the value and timeliness of the classic. The reading of a literary classic or its adaptations acts as an important vehicle to build cultural, aesthetic and human references.
Description: Relatório da Prática de Ensino Supervisionada, Mestrado em Ensino de Português e Línguas Clássicas, Universidade de Lisboa, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/3894
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfl068175_tm_anexos.pdfAnexos41.62 MBAdobe PDFView/Open
ulfl068175_tm.pdfTese1.42 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE