Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/3957
Título: As tecnologias como promotoras de uma nova cultura de aprendizagem e cidadania
Autor: Santos, Maria de Fátima Antunes dos
Orientador: Matos, João Filipe, 1950-
Palavras-chave: TIC
Ética
Cidadão digital
Educação
Internet
Aprendizagem
Cidadania
Trabalho cooperativo
Teses de mestrado - 2009
Data de Defesa: 2009
Resumo: Este trabalho tem como objecto de estudo as Tecnologias de Informação e Comunicação – TIC – e, em especial, a Internet, no contexto do ensino-aprendizagem e da cidadania. Tendo como principal objectivo contribuir para uma teoria reflectiva que pretende compreender o que é ser cidadão na sociedade tecnológica digital globalizada e como é aprender neste novo contexto, visto que a internet tem uma influência incontestável dentro e fora da escola. Para além disso, serão analisados alguns paradoxos como: a relação entre ciberespaço e realidade; e a sua influência na aprendizagem e na cidadania, que se irão centrar especialmente na construção pessoa/ cidadania e numa nova cultura de aprendizagem. É um estudo descritivo, tendo-se optado pela investigação qualitativa. Os instrumentos utilizados para a recolha de dados foram questionários e entrevistas. A análise do corpus das entrevistas e das questões de resposta aberta dos questionários foi feita através de construções interpretativas, usando como técnica de análise de dados a análise de conteúdo por temas e subtemas. Os resultados obtidos sugeriram que ao nível individual houve um desenvolvimento considerável no domínio e uso das TIC, tanto por parte dos professores como dos alunos. Contudo, não se verifica ainda que o referido desenvolvimento se tenha operacionalizado ao nível profissional, nomeadamente enquanto ferramenta para o ensino cooperativo, onde deveria haver partilha de informações e onde o professor passaria a mentor/moderador do processo ensino-aprendizagem. Assim, conclui-se que a postura/atitude adoptada é essencialmente egocêntrica face às TIC.
This study case is based on the subject of Information and Communication Technology – ICT – namely the Internet, in relation to the teaching-learning process and citizenship. The main goal of this study is to contribute as far as possible to a reflective theory that will attempt to understand what is to be a citizen in a global technological and digital society, moreover, how it is to learn in this environment, since the internet has a major impact inside and outside the school. In addition, some paradoxes will be analyzed, such as, the relation between cyberspace and reality, and its influence in the learning process and citizenship. This analysis will be specially centered in the construction of the individual/ citizen and a new learning culture. This is essentially a descriptive study, so it is based on a qualitative investigation. The means used to gather the information are mainly by questionnaires and interviews. The analysis of the corpus of the interviews and the open-ended questions of the questionnaires, will be centered in the data analysis and content analysis divided in themes and subthemes. The obtained results suggest that individually we have had a considerable development in the knowledge and use of the ICT, within teachers and students. Although this development hasn’t been fully explored in the professionally sense, namely as a teaching tool, where we expected to have an information share and where a teacher would be more like a moderator of the learning process. Therefore we may conclude that the behaviour/attitudes are highly ego centered as far as it comes to the ICT.
Descrição: Tese de mestrado, Educação (TIC e Educação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009
URI: http://hdl.handle.net/10451/3957
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc095730_tm_Maria_Fatima_Santos.pdf1,34 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.