Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
Departamento de Educação (FC-DE) >
Centro de Investigação em Educação (FC-DE-CIE) >
GI Educação, Desenvolvimento e Formação (FC-DE-CIE-GIEDF) >
FC-DE-CIE-GIEDF - Capítulos de Livros >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4017

Título: Educação, cidadania e alfabetização em contexto revolucionário
Autor: Pintassilgo, Joaquim
Mogarro, Maria João
Palavras-chave: Educação
Cidadania
Alfabetização
Período revolucionário
Issue Date: 2009
Editora: Porto Editora/ Centro de Investigação em Educação
Citação: A escola como espaço social. Leituras e olhares de professores e alunos, p. 51-68 (2009)
Resumo: A relação entre cidadania e alfabetização conheceu alguns momentos fortes na história educativa portuguesa, em particular no que se refere ao período de transição da monarquia constitucional para a 1ª República (últimas décadas do século XIX – primeiras décadas do século XX). Essa relação foi, naturalmente, desvalorizada no período do Estado Novo salazarista. A Revolução do 25 de Abril de 1974 voltou a colocar o debate sobre a cidadania e a educação para a cidadania no centro da agenda educativa, relacionando-o com a democracia e com a alfabetização. Afirma-se, de forma veemente, que os cidadãos da nova sociedade inaugurada pela revolução necessitam de possuir competências mínimas ao nível da leitura, da escrita e do cálculo para poderem intervir de forma consciente e activa na vida democrática. Nesse contexto, viram a luz do dia acções de natureza e origem diversas (movimento associativo estudantil, organizações partidárias, Movimento das Forças Armadas, grupos católicos, organizações populares, etc.), total ou parcialmente dedicadas à alfabetização, com particular destaque para as Campanhas de Alfabetização e Educação Sanitária, realizadas no Verão de 1974, e para o chamado Movimento Alfa, com expressão no Verão de 1976, os dois movimentos mais mediáticos e polémicos a este nível, se não contarmos com as Campanhas de Dinamização Cultural do MFA, em que a componente de alfabetização era residual. As iniciativas desenvolvidas acabam por combinar, em graus diferentes, alfabetização e socialização política, para além da educação sanitária e da animação cultural, entre outras vertentes. O objectivo do presente trabalho é, então, analisar as formas e modalidades como estes três eixos (educação, cidadania e alfabetização) se desenvolveram e articularam no período revolucionário pós 25 de Abril de 1974. Serão utilizados estudos sobre o tema, artigos de imprensa da época e documentos produzidos no âmbito dos movimentos então desenvolvidos.
URI: http://hdl.handle.net/10451/4017
Appears in Collections:FC-DE-CIE-GIEDF - Capítulos de Livros

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Educação, cidadania e alfabetização.pdf198,83 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia