Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
Departamento de Educação (FC-DE) >
Centro de Investigação em Educação (FC-DE-CIE) >
GI Educação, Desenvolvimento e Formação (FC-DE-CIE-GIEDF) >
FC-DE-CIE-GIEDF - Comunicações >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4030

Título: A componente socializadora do currículo escolar oitocentista
Autor: Pintassilgo, Joaquim
Palavras-chave: Currículo
Ensino primário
Liberalismo
Issue Date: 2002
Editora: Edições Colibri/ Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação
Citação: O particular e o global no virar do milénio. Cruzar saberes em educação, p. 549-557, 2002.
Resumo: A consolidação do sistema estatal de ensino criado por Pombal e, em particular, a generalização do modelo escolar a sectores da população até aí não abrangidos por ele – tarefa que o liberalismo português procurou concretizar – reforçaram o papel da escola como lugar privilegiado para a socialização das crianças e jovens nos valores, regras e comportamentos considerados legítimos. Se é verdade que instrução e educação sempre estiveram associadas, é nossa opinião que a formalização do currículo escolar público tornou mais explícita a finalidade integradora de que ele é investido. Os espaços curriculares (e os instrumentos a eles associados) visando, ao nível da escola primária, a formação (ou conformação?) do cidadão – essa figura idealizada pelas recém-instauradas sociedades liberais – vão-se suceder, numa curiosa dialéctica continuidade-ruptura: moral e religião cristã, civilidade, direitos e deveres do cidadão e, finalmente, educação cívica (e moral), entre outras formulações. Pretendemos, neste texto, analisar a forma como se concretiza, ao nível do ensino primário, a componente socializadora do currículo, quais as suas finalidades e conteúdos, quais as permanências e inovações que se fazem sentir e qual o seu significado no quadro da sociedade liberal portuguesa. Utilizaremos, para o efeito, a legislação produzida, designadamente as reformas de ensino e respectivos planos de estudo e, ainda, os manuais escolares publicados – catecismos, compêndios de civilidade, entre outros.
URI: http://hdl.handle.net/10451/4030
Appears in Collections:FC-DE-CIE-GIEDF - Comunicações

Files in This Item:

File Description SizeFormat
A componente socializadora do curriculo escolar oitocentista.pdf165,58 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia