Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
Departamento de Educação (FC-DE) >
Centro de Investigação em Educação (FC-DE-CIE) >
GI Educação, Desenvolvimento e Formação (FC-DE-CIE-GIEDF) >
FC-DE-CIE-GIEDF - Comunicações >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4030

Título: A componente socializadora do currículo escolar oitocentista
Autor: Pintassilgo, Joaquim
Palavras-chave: Currículo
Ensino primário
Liberalismo
Issue Date: 2002
Editora: Edições Colibri/ Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação
Citação: O particular e o global no virar do milénio. Cruzar saberes em educação, p. 549-557, 2002.
Resumo: A consolidação do sistema estatal de ensino criado por Pombal e, em particular, a generalização do modelo escolar a sectores da população até aí não abrangidos por ele – tarefa que o liberalismo português procurou concretizar – reforçaram o papel da escola como lugar privilegiado para a socialização das crianças e jovens nos valores, regras e comportamentos considerados legítimos. Se é verdade que instrução e educação sempre estiveram associadas, é nossa opinião que a formalização do currículo escolar público tornou mais explícita a finalidade integradora de que ele é investido. Os espaços curriculares (e os instrumentos a eles associados) visando, ao nível da escola primária, a formação (ou conformação?) do cidadão – essa figura idealizada pelas recém-instauradas sociedades liberais – vão-se suceder, numa curiosa dialéctica continuidade-ruptura: moral e religião cristã, civilidade, direitos e deveres do cidadão e, finalmente, educação cívica (e moral), entre outras formulações. Pretendemos, neste texto, analisar a forma como se concretiza, ao nível do ensino primário, a componente socializadora do currículo, quais as suas finalidades e conteúdos, quais as permanências e inovações que se fazem sentir e qual o seu significado no quadro da sociedade liberal portuguesa. Utilizaremos, para o efeito, a legislação produzida, designadamente as reformas de ensino e respectivos planos de estudo e, ainda, os manuais escolares publicados – catecismos, compêndios de civilidade, entre outros.
URI: http://hdl.handle.net/10451/4030
Appears in Collections:FC-DE-CIE-GIEDF - Comunicações

Files in This Item:

File Description SizeFormat
A componente socializadora do curriculo escolar oitocentista.pdf165,58 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia