Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
Departamento de Educação (FC-DE) >
Centro de Investigação em Educação (FC-DE-CIE) >
GI Educação, Desenvolvimento e Formação (FC-DE-CIE-GIEDF) >
FC-DE-CIE-GIEDF - Comunicações >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4036

Título: O projecto pedagógico das Universidades populares no Portugal das primeiras décadas do século XX. O exemplo da Academia de Estudos Livres
Autor: Pintassilgo, Joaquim
Palavras-chave: Educação popular
Vulgarização científica e cultural
Universidade popular
Imprensa de educação e ensino
Issue Date: 2006
Editora: Universidade Católica de Goiás - Sociedade Brasileira de História da Educação
Citação: IV Congresso Brasileiro de História da Educação- A educação e os seus sujeitos na história. Anais
Resumo: Nas décadas finais do século XIX e nas primeiras décadas do século XX o tema da educação popular entra na ordem do dia, associado à “descoberta” dos elevados índices de analfabetismo da população portuguesa e à assunção, por parte do republicanismo e da maçonaria, de um projecto alternativo de formação do cidadão. Para o combate ao analfabetismo assistimos então à proliferação de iniciativas várias, surgindo também diversas instituições vocacionadas para a educação permanente de adultos, as quais assumem as designações de Universidades Livres ou Universidades Populares. O presente texto pretende reflectir sobre a actividade de uma destas últimas instituições – a Academia de Estudos Livres (criada em 1889) -, que se assume, a partir de 1904, como Universidade Popular. A Academia assegura o funcionamento de uma escola (com ensino diurno e nocturno), para além de assegurar tarefas na área da vulgarização científica e cultural, as mais características das universidades populares, de que é exemplo a realização de cursos livres, conferências e visitas de estudo. A Academia dedicou-se, igualmente, à edição de publicações, com destaque para a revista Anais da Academia de Estudos Livres – Universidade Popular (1912-1916), uma espécie de órgão da instituição, e para o periódico estudantil A Mocidade (1910-1911). É esta última revista que se assume como fonte do presente estudo.
URI: http://hdl.handle.net/10451/4036
Appears in Collections:FC-DE-CIE-GIEDF - Comunicações

Files in This Item:

File Description SizeFormat
O projecto pedagógico das universidades populares.pdf148,92 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia