Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
Departamento de Educação (FC-DE) >
Centro de Investigação em Educação (FC-DE-CIE) >
GI Didáctica da Matemática (FC-DE-CIE-GIDM) >
FC-DE-CIE-GIDM - Capítulos de Livros >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4069

Título: Investigação colaborativa: Potencialidades e problemas
Autor: Boavida, Ana
Ponte, João Pedro da
Palavras-chave: Colaboração
Professor investigador
Collaboration
Practitioner research
Issue Date: 2002
Editora: GTI
Citação: Boavida, A M. & Ponte, J. P. (2002). Investigação colaborativa: Potencialidades e problemas. In GTI (Org), Reflectir e investigar sobre a prática profissional (pp. 43-55). Lisboa: APM.
Resumo: O presente artigo apresenta a colaboração como um contexto organizacional de grande valor para investigar a sua própria prática profissional, analisando, para isso as suas principais potencialidades. Quando várias pessoas trabalham estreitamente em conjunto eleva-se o nível de energia, reforçando-se a determinação em agir, reúnem-se mais recursos e competências para realizar a tarefa e criam-se sinergias que possibilitam uma reflexão e uma análise dos problemas amais profunda. O artigo discute diversas formas e intervenientes na colaboração e distingue entre colaboração e cooperação. Debruça-se sobre o desenvolvimento da investigação colaborativa, apresentando como ideias-chave a confiança, o diálogo e a negociação. Finalmente, discute os problemas e dificuldades na investigação colaborativa, nomeadamente no campo profissional dos professores, apontando a necessidade de se saber gerir a imprevisibilidade, a diferença e os custos e benefícios e a importância de estar atento em relação a atitudes como a auto-satisfação confortável e complacente e o conformismo.
This paper present collaboration as a fundamental organizational context to investigate our own professional practice. It analyses its possible advantages: making several people working closely together raises the energy level, reinforcing the determination for action, collects more resources and competencies to carry out the tasks and create synergies that allow a deeper reflection and analysis of problems. The paper discusses forms and participants in the collaboration and distinguishes between collaboration and cooperation. It considers the development of collaborative research, presenting as key ideas trust, dialogue and negotiation. Finally, it discusses the problems and difficulties of collaborative research, notably in the professional field of teaching, pointing the need of knowing how to deal with unforeseen events, different perspectives and styles of work, cost and benefits and the need of being attentive regarding self indulgence and conformism.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/4069
ISBN: 972-8768-01-X
Appears in Collections:FC-DE-CIE-GIDM - Capítulos de Livros

Files in This Item:

File Description SizeFormat
02-Boavida-Ponte (GTI).pdf56,92 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE