Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/407
Título: As comunidades imigrantes em Cabo Verde: os chineses em São Vicente e a sua participação no desenvolvimento do comércio
Autor: Mota, Alicia Maria da Cruz
Orientador: Malheiros, Jorge Macaísta,1966-
Palavras-chave: Imigração chinesa - Cabo Verde
Desenvolvimento económico - Cabo Verde
Comércio - São Vicente (Cabo Verde)
Geografia económica - Cabo Verde
Data de Defesa: 2008
Resumo: Esta investigação insere-se na temática do Empreendedorismo Imigrante e do Comércio Étnico. Trata-se de uma pesquisa que se debruça sobre a imigração para Cabo Verde, com destaque para a análise da imigração chinesa, sobretudo dedicada ao comércio na ilha de São Vicente. O objectivo geral deste trabalho prende-se com a identificação do contributo da comunidade imigrante supracitada no processo de desenvolvimento de São Vicente, através da instalação e da prática de actividades comerciais. Para concretização deste objectivo foi desenvolvido, durante 5 meses, um trabalho de terreno em Cabo Verde (Santiago e São Vicente). O trabalho empírico socorreu-se de entrevistas formais à presidente da Câmara Municipal de São Vicente e a personalidades da Embaixada de China em Cabo Verde , e informais efectuadas aos comerciantes chineses e seus funcionários, bem como aos comerciantes locais. Foram ainda aplicados inquéritos a todos os comerciantes chineses na ilha de São Vicente, processo que permitiu obter a informação necessária para a caracterização da comunidade chinesa e das actividades comerciais por ela aqui desenvolvidas. Os resultados destes questionários foram armazenados numa base de dados informática, com recurso ao SPSS- Statistical Package for Social Sciences, também utilizado como instrumento de tratamento da informação, assim como a folha de cálculo Excel. Dos resultados da nossa investigação, ressalta que o comércio chinês tem dinamizado muito o tecido comercial sãovicentino, contribuindo para a criação de novos postos de trabalho, diversificando as ofertas e estabilizando ou levando mesmo à redução do preço dos produtos, o que vem generalizar as possibilidades de consumo a segmentos da população menos solventes, que até então tinham muita dificuldade em comprar bens como brinquedos ou certos artigos para o lar. De realçar também que, entre o comércio chinês e o comércio local, existe para além da concorrência como é óbvio, uma certa complementaridade. Esta relação recíproca é estabelecida através de aquisição e revenda de produtos diversificados adquiridos aos comerciantes locas, permitindo assim oferecer assim mais produtos e de melhor qualidade aos seus clientes. Todavia, conclui-se que o comércio chinês, com todas as implicações que trás, ainda não constitui um vector central do desenvolvimento da ilha, designadamente se entendermos o desenvolvimento numa perspectiva abrangente e integral, que incorpora dimensões culturais, sociais e ecológicas que ultrapassam a esfera económica. Contudo, pode-se dizer que a presença do comércio chinês na ilha tem sido bastante positiva, uma vez que coloca no mercado uma diversidade de produtos a preços razoavelmente acessíveis, contribuindo para melhorar a qualidade de vida dos São Vicentinos.
This paper is an investigation into the subject of immigrant entrepreneurship and ethnic commerce. Our research work focused on immigration to Cape Verde, with special emphasis on Chinese immigration, which is involved mainly in commerce in São Vicente Island. The general purpose of this work is to identify how the Chinese immigrant community has contributed to the development of São Vicente by starting and engaging in commercial activities there. Fieldwork was carried out in Cape Verde (Santiago and São Vicente Islands) for a period of five months. Empirical work included formal interviews with the mayor of São Vicente and staff members of the Chinese Embassy in Cape Verde, and informal interviews with Chinese shopkeepers and their staff as well as local shopkeepers. Questionnaires were conducted among all Chinese shopkeepers in São Vicente, enabling the necessary collection to characterise the Chinese community and the commercial activities they develop. The results of these questionnaires were stored in a database by means of SPSS - Statistical Package for Social Sciences, which was also used to process information in addition to an Excel spread sheet. The results of our research show that Chinese commercial activities have given a boost to commerce in São Vincent and have helped create jobs, besides broadening the choice of products and stabilising or even reducing prices. Low-income families who had until now found it very difficult to buy goods such as toys or certain household goods, now have the possibility to do so. It should also be highlighted that there is a certain degree of complementarity, besides competition obviously, between Chinese and local commerce. This mutual relationship is established by the purchasing and reselling of diverse products bought in gross between them, thereby allowing them to offer their clients a wider choice of products and of better quality in their shops. However, it was seen that Chinese commerce with all its implications still doesn't represent a central motor of development in São Vicente, especially if development is understood on a more encompassing and integral perspective that incorporates cultural, social and ecological dimensions that overtake the economic sphere. However, it can be said that Chinese commerce on the island has been very positive, seeing that it introduces into the market a variety of products at reasonably accessible prices, which subsequently contributes to improving the quality of life of the people of São Vicente.
Descrição: Tese de mestrado em Geografia apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 2008
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000534920
http://hdl.handle.net/10451/407
Aparece nas colecções:FL - Dissertações de Mestrado



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.