Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
Departamento de Educação (FC-DE) >
Centro de Investigação em Educação (FC-DE-CIE) >
GI Didáctica da Matemática (FC-DE-CIE-GIDM) >
FC-DE-CIE-GIDM - Capítulos de Livros >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4088

Título: Research and practice: Bridging the gap or changing the focus?
Autor: Ponte, João Pedro da
Palavras-chave: Impact of research and practice
Teachers’ practices
Curriculum change
Students’ learning
Práticas profissionais
Aprendizagem
Mudança curricular
Mathematics
Matemática
Teoria-Prática
Issue Date: 2008
Citação: Ponte, J. P. (2008). Research and practice: Bridging the gap or changing the focus? In M. Menghini, F. Furinghetti, L. Giacardi & F. Arzarello (Eds.), The first century of the International Commission on Mathematical Instruction (1908-2008). Reflecting and shaping the world of mathematics education (pp. 106-112). Roma: Instituto della Enciclopedia Italiana.
Resumo: Bridging the gulf that tends to persist between research in mathematics education and mathematics teaching practice is a timely issue. This comment addresses the impact of research not only on teachers’ practices and the curriculum, but also on students’ practices, teacher education practices, the educational market, and the society at large. It argues that for research to bring about changes in mathematics teaching and learning we need to act at a systemic level. It also argues that if we want to have a real influence on practice, we need to see that as a problem on itself. It concludes indicating that our con-fidence in the power of research to understand phenomena and intervene in practice must be combined with an attitude of social responsiveness, working closely with different social partners and being critical and reflective about what we do.
Tapar o fosso que tende a persistir entre a investigação na educação matemática e a prática de ensino é uma questão urgente. Este comentário debruça-se sobre o impacto da investigação não apenas nas práticas de ensino dos professores e no currículo, mas também nas práticas dos alunos, nas práticas de formação de professores, no mercado educacional, e na sociedade em geral. Argumenta que, para que a investigação traga mudanças no ensino e na aprendizagem da Matemática, é necessário agirmos ao nível sistémico. Também argumenta que, se quisermos ter uma influência real na prática, precisamos de ver que isso constitui um problema em si mesmo. O artigo conclui indicando que a nossa confiança no poder da investigação para compreender os fenómenos e intervir na prática deve ser combinado com uma atitude de responsabilidade social, trabalhando estreitamente com diferentes parceiros sociais e sendo críticos e reflexivos em relação ao nosso próprio trabalho.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/4088
Appears in Collections:FC-DE-CIE-GIDM - Capítulos de Livros

Files in This Item:

File Description SizeFormat
08-Ponte (ICMI Rome).pdf70,16 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia