Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Reitoria (REIT) >
REIT - Mestrados em Ensino >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4119

Title: A exploração da canção na aula de espanhol como língua estrangeira
Authors: Moleiro, Marta Sofia Rodrigues dos Santos
Advisor: Léon Acosta, J.
Keywords: Ensino da língua espanhola
Ensino de línguas estrangeiras
Canções - Espanha
Relatórios da prática de ensino supervisionada - 2011
Issue Date: 2011
Abstract: As canções têm um potencial didáctico enorme já que se trata de um material autêntico e flexível onde se trabalham exemplos reais da língua. Assim, este é um recurso extremamente rico para ser aproveitado na aula de língua estrangeira (LE), ainda mais, se se partir de uma perspectiva que tende a reforçar o vínculo entre língua e cultura. O uso de canções tem um valor acrescido se considerarmos que entram em jogo as emoções, os sentimentos e as sensações de cada indivíduo, o que favorece a discussão e a comunicação. E, sentir que a aprendizagem das línguas pode ser algo vivo e relacionado com o mundo real encaminha os alunos para a ideia de que se aprende uma LE para comunicar, expressar sentimentos, desejos, conhecer outras culturas, em suma, para interagir com outros mundos. Com tudo isto, queremos dizer que o professor terá que organizar as suas tarefas, reflectir sobre os temas que tratará, dar prioridade a uns, estar actualizado, estudar, na medida do possível, e, finalmente, procurar a melhor forma para que o seu trabalho dê aos destinatários ferramentas práticas e simples de comunicação.
Las canciones tienen un potencial didáctico enorme ya que se trata de un material autentico y flexible donde se trabaja con muestras de lengua reales. Asimismo, éste es un recurso sumamente rico para ser aprovechado en la clase de lengua extranjera (LE), más aún si se parte de un enfoque que tiende a reforzar el nexo entre lengua y cultura. El uso de canciones tiene un valor añadido si consideramos que entran en juego las emociones, los sentimientos, y las sensaciones de cada individuo, lo que favorece la discusión y la comunicación. Y, sentir que el aprendizaje de lenguas puede ser algo vivo y relacionado con el mundo real encamina el alumno hacia la idea de que se aprende una LE para comunicar, expresar sentimientos, deseos, conocer otras culturas, en resumen, interactuar con otros mundos. Con todo esto, queremos decir que el profesor tendrá que organizar su tarea, reflexionar sobre los temas que tratará, priorizar unos sobre otros, estar al día, estudiar, dentro de lo posible, y, finalmente, buscar la mejor forma para que su trabajo dé a los destinatarios herramientas prácticas y sencillas de comunicación. Palabras
Description: Relatório da prática de ensino supervisionada, Mestrado em Ensino de Inglês e de Espanhol, Universidade de Lisboa, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4119
Appears in Collections:REIT - Mestrados em Ensino

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfpie039503_tm.pdf7.09 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE