Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Ciências Sociais (ICS) >
ICS - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4120

Título: Partidos e representação parlamentar : o perfil dos candidatos a deputados entre 1991 e 2011
Autor: Rocha, Rui Passos, 1986-
Orientador: Lobo, Marina Costa, 1972-
Palavras-chave: Partidos políticos - Portugal
Democracia representativa
Parlamento
Representação parlamentar
Teses de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: Partindo dos dados disponíveis no sítio na internet da Assembleia da República portuguesa, esta tese de mestrado categoriza, para o período entre 1991 e 2011 (abarcando da VI à XI Legislatura), a informação relativa à ocupação do parlamento por géneros, idades e profissões – designados como representação social – e agrupa por partidos as taxas de sobrevivência e de pára-quedismo dos deputados e dos candidatos a deputados. A tese conclui que houve um aumento generalizado e sustentado da percentagem de mulheres candidatas a deputadas pelos diversos partidos; que esse aumento foi superior nos partidos de esquerda (BE, PCP, PEV e PS) do que nos de direita (PSD e CDS-PP); que não houve uma tendência generalizada nem de rejuvenescimento, nem de renovação nem de aumento do pára-quedismo nas listas de candidatos nas eleições subsequentes àquelas em que os partidos viram aumentados os seus números de deputados; que de uma forma geral as profissões liberais e as estatais foram as mais comuns nas listas de deputados efectivos à data de início das legislaturas; e que, por fim, os níveis de representação social têm evoluído em sentido positivo (mais mulheres, aumento da idade, mais profissões liberais) e os da representação política têm oscilado.
Utilizing data from the Portuguese Parliament website, this masters degree thesis categorizes, for the period between 1991 and 2011 (from the VI to the XI Legislature), the information on the occupation of the Parliament by genre, age and profession – here designated as social representation – and aggregates for the various parties the levels of survival and parachutism of the deputies and candidates to deputies. The thesis concludes that there has been a generalized and sustained growth of the percentage of women deputy candidates for the various parties; that this growth has been superior for the left parties (BE, PCP, PEV and PS) than for the right ones (PSD and CDS-PP); that there hasn't been a generalized tendency nor for a rejuvenation, nor for a renovation nor for a growth of the parachutism on the lists of candidates for the elections subsequent to those in which parties have had an increase of their number of deputies; that generally liberal and state professions have been the more common on the lists of effective deputies at the beginning of the legislatures; and that, finally, the levels of social representation have evolved in a positive sense (more women, age increase, more liberal professions) and those of political representation have fluctuated.
Descrição: Tese de mestrado em Política comparada, apresentada à Universidade de Lisboa, através do Instituto de Ciências Sociais em 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4120
Appears in Collections:ICS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESEfinal_parte2_1.pdf40,18 kBAdobe PDFView/Open
TESEfinal_parte2_2.pdf20,58 kBAdobe PDFView/Open
TESEfinal_parte2_3.pdf45,06 kBAdobe PDFView/Open
TESEfinal_parte2_4.pdf30,79 kBAdobe PDFView/Open
TESEfinal_parte3.pdf1,19 MBAdobe PDFView/Open
TESEfinal_parte1.pdf77,26 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE