Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/4137
Título: A aquisição do artigo em português L2 por falantes de L1 russo
Autor: Baldé, Nailia Rafikovna,1970-
Orientador: Duarte, Inês,1951-
Palavras-chave: Língua portuguesa como segunda língua
Aquisição da linguagem
Artigos (Linguística)
Língua russa
Teses de mestrado - 2011
Data de Defesa: 2011
Resumo: Ao observar os dados de falantes não nativos inglês (L2), foi verificado que, em geral, os falantes L2 cometem dois tipos de erros: a) a omissão de artigos; b) a substituição de artigos. Também foi detectado que essa substituição não é aleatória, mas pode ocorrer em contextos em que Noun Phrase (NP) tem determinado tipo de interpretação. O presente estudo tem por base o trabalho de Ionin, Ko & Wexler (2004), que testam a Hipótese de Flutuação (Fluctuation Hypothesis), proposta por Ionin (2003), de acordo com a qual os falantes de L2 cuja língua materna (L1) não tenha artigos oscilam entre aquilo que a autora define como duas opções paramétricas: a associação do artigo à codificação de definitude ou a associação à codificação de especificidade. A questão central neste trabalho é saber se os falantes de L2 português e L1 russo conseguem aceder a todos os valores do parâmetro proposto por Ionin (2003), o Parâmetro de Escolha do Artigo (The Article Choice Parameter). I.e., a verdadeira questão é saber se a aquisição de uma L2 conta com o acesso aos diferentes valores paramétricos, portanto se conta com o acesso à Gramática Universal (GU). Os dados recolhidos permitem, de facto, confirmar essa hipótese.
Abstract: The data from English non-native speakers (L2) show that, in general, L2 speakers commit two types of errors: a) article omission; b) article replacement. It was also shown that replacement is not random, but it might occur in certain contexts where a Noun Phrase (NP) has a certain type of interpretation. The present study was done along the lines of Ionin, Ko and Wexler (2004), who tested the Fluctuation Hypothesis, put forward by Ionin (2003). According to this hypothesis, L2 speakers whose L1 does not have articles fluctuate between what the author defines as two parametric options: the association of the articles to definiteness and the association of the article to specificity. This study aims at determining whether Portuguese L2 speakers whose L1 is Russian can access all the values of the Article Choice Parameter. In other words, we want to know if the acquisition of a L2 language involves access to the different parametric values and thus involves access to the Universal Grammar (GU). Our results confirm this hypothesis.
Descrição: Tese de mestrado, Linguística, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4137
Aparece nas colecções:FL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfl096186_tm.pdf1,39 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.