Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4138

Título: Norma e variação: neologia no jornal A Bola e nos dicionários de referência para o português contemporâneo
Autor: Carvalheiro, Catarina Isabel Duarte
Martinez, William
Orientador: Correia, Margarita,1960-
Martinez, William
Palavras-chave: Língua portuguesa
Neologismos
Variação linguística
Norma linguística
Lexicografia
Teses de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: Pelo papel que se atribui a um dicionário de língua geral de referência para o Português e pelo que dele se espera, o de esclarecer o consulente, sobretudo no que à ortografia diz respeito, como acervo lexical que é, importa discutir o tratamento dado pelas nossas obras lexicográficas à inovação lexical que todos os dias chega às nossas mãos pela imprensa escrita e ao efectivo uso que os falantes dão à língua. Enquanto falante e responsável pelo bom uso, é comum ser confrontada com um sentimento de dever não cumprido por parte dos dicionários gerais de língua, não dando estes conta da inovação lexical, sobretudo nas linguagens de especialidade que fluem pela língua geral. Para tal, analisar-se-á a linguagem do desporto: pela influência que tem na sociedade portuguesa está mais propicia a produtividade lexical. Com o presente estudo, uma amostra empírica desse mesmo sentimento, conclui-se que a inexistência de uma norma firmada e orientadora da variação provoca, por um lado, desordenamento ortográfico e, por outro, uma barreira entre falante e informação. Assim, a partir do método data-driven de análise, são discutidos alguns casos representativos de grafias irregulares que espero contribuírem para uma nova realidade a dar à língua portuguesa por parte das instâncias com força de expressão e difusão, como a ortografia, os dicionários, a escola e os meios de comunicação social, para o que é urgente uma norma linguística e a sua salutar co-habitação com a variação. A esta última cabe a descrição e àquela a decisão, consciente da efectiva utilização da língua por parte dos falantes e do dinamismo e interferências que lhe são próprias em contacto dentro e fora das nossas fronteiras. Para este fim, são as seguintes as linhas orientadoras deste estudo: 1. A recolha de candidatos a neologismos da linguagem do desporto tendo por corpus-texto 23 edições do jornal diário A Bola; 2. A verificação da atestação dos candidatos nos dicionários gerais de referência para o português contemporâneo; 3. A análise dos dados, que dão a conhecer a realidade lexical actual em Portugal – cerca de 1200 itens à margem dos repertórios lexicais –, e denunciam a urgência de uma norma linguística.
Abstract: All of us expect from the dictionary of general language that he fulfills its role, which is that of clarifying the consultant, especially as far as spelling is concerned, since it is a lexical body. Thus, it should be brought to discussion the treatment given by our lexicographic works to the lexical innovation arriving every day to our hands through the written press, and the actual use that speakers give to the language. As a speaker and responsible for a proper use, it is common for me to be confronted with a feeling that general language dictionaries don‟t fulfill their duty, giving no account of the lexical innovation, mainly in specialized languages that flow through the common language. To clarify this feeling, we‟ll analyse the specialized language of sports: its influence in Portuguese society is very favorable to lexical production. With this study, an evidence and a sample, it‟s concluded that the absence of a signed standard which can forward the language changes induces, first of all, a spelling disorder and, secondly, a gap between speaker and information. Thus, using the data- -driven method of analysis as a starting point, some representative cases of irregular spellings are discussed as a contribution, I hope, in order to point to a new reality that should be given to the Portuguese language by the authorities with power of expression and dissemination, such as spelling rules, dictionaries, school and media, but it is urgent a standard linguistic with a healthy co-habitation between variation. Bearing this in mind, the guidelines of this study are the following: 1. The catching of potential candidates to neologisms of sports language, based on a 23 editions corpus of the daily newspaper A Bola; 2. The verification of those candidates in general dictionaries of reference for contemporary Portuguese; 3. The data analysis, which enable us to know the current lexical reality in Portugal – about 1200 words and expressions outside the lexical repertoires –, and reveal the urgency for a signed standard language
Descrição: Tese de mestrado, Linguística, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4138
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfl096183_tm_anexo_6.pdfAnexo 61,9 MBAdobe PDFView/Open
ulfl096183_tm.pdfTese2,42 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE