Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4246

Título: Literacia de informação.Paradigma de desenvolvimento de competências de informação na formação docente em Angola
Autor: Bastos, Victor Manuel
Orientador: Alberto, Paulo Farmhouse,1959-
Pino, Margarida,1947-
Palavras-chave: Informação
Literacia de informação
Literacia dos média
Formação de professores - Angola
Teses de mestrado - 2011
Issue Date: 2010
Resumo: A Sociedade da Informação e do Conhecimento, em que vivemos, caracteriza-se pelo primado da Informação e pelas competências necessárias à sua aquisição, domínio, usufruto e controlo. A evolução contínua das tecnologias da informação e comunicação (TIC), o crescimento da produção da informação e a pluralidade de meios e suportes em que esta se expressa, determinam a necessidade de formação de cidadãos competentes no domí-nio da informação. Em meados dos anos setenta, Paul ZURKOWSKI postulou, proactivamente, a emergência da Informação como matéria de estudo e capacitação necessários para “sobreviver e competir com sucesso na Sociedade da Informação”. Criou o conceito de Literacia de Informação e pugnou pela sua implementação institucional nos Estados Unidos da América. Desde então, a literacia de informação foi assumida como um para-digma de estudo e investigação para fundamentar a filosofia, teoria e prática que consti-tuem a sua natureza epistémica. Criaram-se modelos, padrões, indicadores, objectivos, métodos estratégias e recursos e procedeu-se à implementação e avaliação do Paradig-ma: Literacia de Informação. Actualmente, é considerado competente em literacia de educação, todo aquele que aprendeu a aprender. Esta capacidade resulta do facto de saber como é organizado o conhecimento, como encontrar e usar a informação, de tal forma que, outros possam com ele aprender. Trata-se do sujeito preparado para aprender ao longo da vida, por-que pode, sempre, encontrar a informação necessária para realizar qualquer tarefa ou tomar uma decisão fundamentada. (ALA, 1989). Aplicado à formação de professores, em Angola, deste Paradigma de ensino-aprendizagem afigura-se como uma metodologia útil para o desenvolvimento de compe-tências de informação transversais ao currículo.
Abstract: The Information Society and Knowledge, in which we live is characterized by the primacy of Information and the expertise necessary for its acquisition, mastery and control. The continuing evolution of information technologies and communication (ICT), the growth in production of information and plurality of media, and format in which it is expressed, determines the need for training of citizens in the sphere of in-formation. In the mid-seventies Paul ZURKOWSKI postulated, proactively, the emergence of in-formation as matter of study and training necessary to”survive and compete in the in-formation society”, and created the concept of Information Literacy and fought for their institutional implementation in the United States of America. Since then, information literacy was assumed as a paradim for study and research to suport the philosophy, theory and practice that constitute the epistemic nature of infor-mation itself. Models were created, standards, objectives, methods, strategies and re-sources, and porceeded to the implementation and evaluation of the process called: In-formation Literacy. Currently, it is considered information literate, anyone who has learned to learn. This capability stems from how knowledge is organised, how to find and use information, so the others can learn, with it. In this way, subject is prepared for lifelong learning as he can always find the information to perform any task or to make any effective decisions (ALA, 1989). Applied to Teacher training, in Angola, this paradigm of teaching and learning it is use-ful as a methodology for developing skills in cross-training to be applied to the curricu-lum
Descrição: Tese de mestrado, Ciências da Documentação e Informação - Biblioteca, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4246
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfl085104_tm.pdf3,3 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia