Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4271

Título: 9 into 7: considerations on V for vendettabook and film
Autor: Silveiro, Luís
Orientador: Gonçalves, Maria Teresa de Salter Cid,1949-
Palavras-chave: Moore,Alan1953-
Lloyd,David,1950-
Banda desenhada
Adaptações cinematográficas
Anarquia
Fascismo
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: É objectivo do trabalho actual contrastar a versão de V for Vendetta (V de Vingança) escrita por Alan Moore e David Lloyd (1981-1988) com a obra homónima feita para o cinema em 2005 com realização de James McTeigue e produção dos irmãos Wachowski. Esta dissertação encara as duas formas do mesmo enunciado, tentando analisar tanto como artefactos culturais que pertencem a momentos e sítios específicos como manifestos pseudo-políticos que formam uma pletora de acções e reacções alternativas. Enquanto a primeira obra foi escrita/desenhada na Grã-Bretanha durante os anos de poder de Margaret Thatcher, a adaptação para o cinema aparece no pós 11 de Setembro nos Estados Unidos e reclama ser um arauto duma ideologia profundamente entrincheirada no seu tempo. A obra original, enquanto ensaio que opõe Fascismo ao Anarquismo numa linha cujo eixo é difícil de definir num mundo pós-modernista desencontra-se com o filme que opõe essencialmente uma conjuntura ideológica neo-liberal a uma neo-conservadora. Estabelece-se assim uma criação que não vai ao encontro da mensagem expressa no original. Tomando o texto original como ponto de partida, o presente trabalho tenta analisar as lacunas lógicas na reinterpretação da narrativa original sublinhando sempre que possível as razões pela sua presença, bem como fazendo uso do texto de Professor James Keller, V for Vendetta as Cultural Pastiche, para formar a sua própria interpretação. Foi efectuada, ainda, uma tentativa de estabelecer elos específicos com a cultura britânica numa perspectiva de aligeirar e/ou clarificar as divergências extremas das duas versões. Tendo em conta o deserdar do autor do seu próprio trabalho é-nos também interessante olhar para as motivações latentes da forma fílmica se considerarmos certos planos e momentos chave que existem (ou não) numa ou noutra versão. O encosto narrativo e os meandros nitidamente políticos das duas peças entram em colisão tanto artística como culturalmente. Torna-se assim importante compreender a agenda ideológica que prevalece tanto no livro como no filme.
Abstract: The current work seeks to contrast the book version of Alan Moore and David Lloyd‟s V for Vendetta (1981-1988) with its cinematic counterpart produced by the Wachowski brothers and directed by James McTeigue (2005). This dissertation looks at these two forms of the same enunciation and attempts to analise them both as cultural artifacts that belong to a specific time and place and as pseudo-political manifestos which extemporize to form a plethora of alternative actions and reactions. Whilst the former was written/drawn during the Thatcher years, the film adaptation has claimed the work as a herald for an alternative viewpoint thus pitting the original intent of the book with the sociological events of post 9/11 United States. Taking the original text as a basis for contrast, I have relied also on Professor James Keller‟s work V for Vendetta as Cultural Pastiche with which to enunciate what I consider to be lacunae in the film interpretation and to understand the reasons for the alterations undertaken from the book to the screen version. An attempt has also been made to correlate Alan Moore‟s original influences into the medium of a film made with a completely different political and cultural agenda.
Descrição: Tese de mestrado, Estudos Ingleses e Americanos, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/4271
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfl072368_tm.pdf894,59 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia