Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4318

Título: Reconfigurar o corpo : o fragmento nas poéticas de João Miguel Fernandes Jorge e Jorge Molder
Autor: Neves, Margarida Maria Mendes Gil dos Reis Paulouro, 1978-
Orientador: Buescu, Helena Carvalhão, 1956-
Palavras-chave: Jorge,João Miguel Fernandes,1943-
Molder,Jorge,1947-
Literatura e fotografia
Corpo humano na arte
Fragmento (Literatura)
Teses de doutoramento - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: Esta dissertação centra-se na inter-relação entre texto literário (João Miguel Fernandes Jorge) e fotografia (Jorge Molder) e pretende mostrar como a liminaridade das artes pode ser um factor determinante nesta que consideramos ser uma relação de contaminação e contiguidade. Há diversas possibilidades de análise deste cruzamento interartes, mas a que mais nos interessa relaciona-se com as formas de representação do corpo que, como veremos, deixa de ter como objectivo último a representação de um projecto de corpo uno para descobrir novas formas de representação plurais e descentradas. Trata-se, assim, de entender o texto literário e a fotografia como espaços de reconfiguração do corpo. Pelo uso da palavra reconfiguração procura evitar-se uma redução da literatura e da fotografia à representação, entendendo-as antes como modos de fazer e pensar (mostrar e figurar) a construção do corpo. Desta perspectiva, interessa-nos pensar de que forma configuração e representação se equacionam face à liminaridade das artes e como se escreve o corpo e se dá a ver, no texto e na fotografia. Corpo, fragmento e texto/fotografia: é uma dinâmica a quatro termos que aqui equacionaremos. Tirando partido reflexivo do que o pensamento filosófico e antropológico contemporâneo tem avançado sobre uma possível teoria do corpo pós-moderno, pretendemos analisar as obras de João Miguel Fernandes Jorge e Jorge Molder à luz daquilo que se tem designado como um corpo em crise. Defenderemos que estamos perante um novo conceito de corpo que se nos revela através da sua natureza fragmentária. Constitui, assim, nosso propósito analisar, por um lado, os efeitos de dispersão temática e formal em João Miguel Fernandes Jorge (no poema e livro) e em Jorge Molder (na fotografia e série) e, por outro, as várias estratégias de reconfiguração do corpo (corpo-testemunho e corpo-em-cena).
This dissertation centres on the interrelation between literary text (João Miguel Fernandes Jorge) and photography (Jorge Molder), and aims to demonstrate how the liminarity of the arts may be a determining factor in what we consider to be a relationship of cross-contamination and juxtaposition. Several possibilities for analysis are provided by such cross-fertilization between art forms, but what is of greatest interest to us are the possibilities for representation of a subject which, as we shall see, no longer has as its ultimate goal representation of a single element, thus enabling discovery of new plural and decentred forms of representation. As such, it is a question of understanding the literary text and photograph as spaces for reconfiguration of the subject. In using the word reconfiguration, we seek to avoid reducing literature and photography to mere representation, preferring to understand them as methods of effecting and thinking (demonstrating and picturing) construction of the subject. From such perspective, it is in our interest to think about how configuration and representation are reconciled with the liminarity of art and how the subject is described and represented in text and photograph. Subject, fragment and text/photograph: this is a four-term dynamic which shall be examined here. Reflecting upon the fact that contemporary philosophical and anthropological thinking have advanced on a possible post-modernist subject theory, we aim to analyse the works of João Miguel Fernandes Jorge and Jorge Molder in the light of that which has been defined as a subject in crisis. We shall provide rationale for the viewpoint that we are dealing with a new concept of subject, becoming apparent to us by virtue of its fragmented nature. Our proposal, then, is to analyse, on the one hand, the effects of thematic and formal dispersion in João Miguel Fernandes Jorge (in poem and book) and in Jorge Molder (in photograph and series), and, on the other hand, the various subject reconfiguration strategies (body-testimony and subject-in-scene).
URI: http://hdl.handle.net/10451/4318
Appears in Collections:FL - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd061228_td_Margarida_Neves.pdf3,6 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia