Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/4328
Título: Elaboração da ansiedade nas respostas à prova "Era uma vez..." em crianças da Casa da Praia
Autor: Ribeiro, Ana Filipa Gomes Paiva
Orientador: Gonçalves, Bruno, 1950-
Palavras-chave: Ansiedade
Dificuldades de aprendizagem
Técnicas projectivas
Teses de mestrado - 2011
Data de Defesa: 2011
Resumo: A Prova Projectiva “Era uma vez...” (Fagulha, 1992/2007) tem sido usada na avaliação de crianças com problemas psicológicos. Porém, ainda há poucos estudos empíricos caracterizando as respostas destas crianças. O presente estudo visa: 1) Caracterizar o padrão de respostas a esta Prova numa amostra de crianças com dificuldades de aprendizagem decorrentes de problemas emocionais, relacionando-o com o padrão da amostra de aferição da Prova; 2) Caracterizar as Estratégias de Elaboração da Ansiedade utilizadas pela amostra comparando-as com uma amostra de crianças sem problemas psicológicos identificados (Pires, 2001). Participaram no estudo, 126 crianças de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 6 e 11 anos, que frequentavam uma instituição (Casa da Praia) onde beneficiavam de apoio pedagógico-terapêutico. Foi usada a Prova Projectiva “Era uma vez...” (Fagulha, 1992/2007) na sua versão de sete cartões-estímulo. Os resultados mostram que, face a uma amostra de comparação (amostra de aferição da prova “Era uma vez...”), as crianças da Casa da Praia, fundamentalmente as da faixa etária dos 10-11 anos, se diferenciam por uma menor escolha de cenas de Realidade, na última posição da Sequência de Cenas. Relativamente às Estratégias de Elaboração da Ansiedade, verifica-se que as crianças da Casa da Praia, recorrem, significativamente mais à estratégia de Negação e menos à Estratégia Adaptativa Operacional, em comparação com a amostra de crianças sem problemas psicológicos identificados do estudo de Pires (2001).
The Projective Technique "Once upon a time ... " (Fagulha, 1992/2007) has been used in the evaluation of children with psychological problems. However, there are very few empirical studies characterizing the responses of those children. This study aims to: 1) Characterize the pattern of responses to this projective technique in a group of children with learning difficulties due to emotional problems, relating them to the normative group responses, 2) Characterize the Anxiety Elaboration Strategies used by the group and comparing them with a group of children without identified psychological problems (Pires, 2001). Children (n=126) of both genders, aged between 6 and 11 years, who attended a institution (Casa da Praia), participated in the study, where they benefited from teaching-therapeutic support. The projective technique that was used was "Once upon a time ... " (Fagulha, 1992/2007) in it´s seven stimulation card version. The results show that, compared with a comparison group (default study test group), the children of Casa da Praia, primarily those in the age group of 10-11 years are distinguished by a smaller choice of reality scenes, in the last position of the Scene Sequences. In relation to the Anxiety Elaboration Strategies, it appears that the children of Casa da Praia, rely significantly more to a Denial Strategy and less to the Operational Adaptive Strategy, in comparison to the group of children without psychological problems identified in Pires´s study (2001).
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4328
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie039542_tm.pdf790,45 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.