Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Ciências Sociais (ICS) >
SUSTAIN - Sustentabilidade: ambiente, risco e espaços (ICS-SUSTAIN) >
ICS - SUSTAIN - Artigos em Revistas Internacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4339

Título: O Retorno dos "Cérebros": Regresso e Reintegração dos Investigadores Portugueses em Mobilidade
Autor: Delicado, Ana, 1973-
Palavras-chave: Mobilidade
Investigadores
Portugal
Ciência
Issue Date: 2010
Citação: Revista Iberoamericana de Ciencia, Tecnología y Sociedad Vol. 5, 15, 185-218
Resumo: Este artigo tem por objectivo analisar o regresso de cientistas formados no estrangeiro a países semi-periféricos, apresentando resultados de uma investigação desenvolvida em Portugal. São apresentados não só dados quantitativos sobre os fluxos de retorno e as modalidades de reintegração no sistema científico, como também informação de teor qualitativo, sustentada em entrevistas, respeitante a motivações, trajectórias de carreira e impacto da mobilidade no trabalho científico. Verificou-se que, ainda que o volume de retornos a Portugal seja significativo e que a capacidade de reingresso no sistema científico seja expressiva, não está ausente de dificuldades. São identificados dois tipos de investigadores regressados, a que correspondem distintas situações de carreira e diferentes obstáculos à prossecução da actividade científica. Por fim, exploram-se os efeitos positivos da mobilidade na prática científica e no próprio desenvolvimento do sistema de I&D, assim como as barreiras à sua plena concretização.This article aims to analyse why researchers trained abroad return to and how they reintegrate in semi-peripheral countries, based on research carried out in Portugal. Quantitative data on return flows and reintegration modalities is presented alongside qualitative information, based on interviews, addressing motivations, career trajectories and the impact of mobility in scientific work. It has been ascertained that, though the amount of returns is significant and the ability to reintegrate in the scientific system is fairly common, difficulties do exist. Two types of returnee researchers are identified, corresponding to different career situations and different hurdles in pursuing scientific activities. Finally, the positive effects of mobility in scientific practice and in the development of the R&D system are discussed, together with the barriers to its comprehensive fulfilment.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/4339
ISSN: 1850-0013
Appears in Collections:ICS - SUSTAIN - Artigos em Revistas Internacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Ana_Delicado_2010_n1.pdf489,16 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE