Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Comunicações >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4347

Título: Aspectos fisiológicos do descortiçamento em Querqus suber
Autor: Correia, O. A.
Oliveira, G
Martins-Loução, M. A.
Catarino, F. M
Palavras-chave: Sobreiro (Quercus Suber L.)
Descortiçamento
Fisiologia vegetal
Conferências
Issue Date: 1990
Resumo: Quercus suber is the primary source of industrial cork, and can produce cork every 9-10 years. The main objective of the present work was to investigate the influence of the bark stripping of the cork-oak on the stomacal activity and water relations. For this purpose, diurnal variations on transpiration, stomacal conductance and water potencial were studied before and after bark stripping during July and August 1989. The stripping on the trees had been done at various levels. The water loss by the stripping surface was also measured. These preliminary results show that the stress caused by stripping on these trees is different according to the stripping area. The transpiration is immediatly reduced after stripping, under the conditions of these investigations and high stripping coeficients. Sendo o sobreiro uma espécie que proporciona sucessivas tiradas de cortiça, um dos aspectos que importa salientar é o dos exagerados descortiçamentos, que poderão ser um factor de decréscimo de produtividade. Neste trabalho foi estudada a reacção de plantas submetidas a diferentes coeficientes de descortiçamento no que respeita aos parâmetros fisiológicos relacionados com o balanço hídrico e economia de água. Foram efectuados estudos ecofisiológicos em árvores descortiçadas nos meses de Julho 89/Agosto 89, tendo sido estudada a variação diurna da transpiração, condutância estomática e condutividade hidráulica. Foi igualmente determinada a perda de água, por evaporação, através do tronco até à formação de nova periderme. São apresentados resultados preliminares que põem em evidência o stress que o descortiçamento provoca nestas plantas e que é tanto mais grave quanto maior for o coeficiente de descortiçamento aplicado.
Descrição: Comunicação apresentada no I Congresso Ibérico de Ciências Hortícolas, 18 a 21 de Junho de 1990 em Lisboa.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/4347
Appears in Collections:FC - Comunicações

Files in This Item:

File Description SizeFormat
afdqs_1990_469_475.pdf1,52 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia