Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia (FP) >
FP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4417

Título: Acontecimentos positivos e estratégias de savoring em crianças e idosos : um estudo exploratório
Autor: Silva, Débora Pires
Orientador: Pinto, Alexandra Marques, 1963-
Palavras-chave: Savoring
Psicologia positiva
Bem-estar psicológico
Teses de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: Actualmente verifica-se um crescente interesse e consequente aumento da investigação na área da psicologia positiva e na promoção do bem-estar, mas há ainda um longo caminho a percorrer na compreensão dos construtos relacionados com a mesma. Assim, este estudo pretendeu contribuir para o conhecimento de aspectos ainda pouco estudados na literatura: as vivências positivas das crianças e idosos e a forma como estes tentam potenciar as emoções positivas associadas às mesmas através do processo de savoring (um construto recente, relacionado com a promoção do bem-estar), procurando-se também comparar os resultados relativos a ambos os grupos. Com este objectivo em vista, foram conduzidas entrevistas de focus group com 23 idosos de uma associação de reformados e pensionistas e com 71 crianças do 3º ao 6º ano de escolaridade de um colégio privado, ambos na zona de Lisboa, e ainda utilizado o questionário WOSC (Ways Of Savoring Checklist), respondido por 8 idosos. Os dados recolhidos constituíram a base de uma análise de conteúdo, de carácter exploratório, através de uma análise de conteúdo. Os resultados mostraram algumas semelhanças ao nível dos acontecimentos positivos mencionados por idosos e crianças (não existindo diferenças globais entre as crianças dos diversos anos lectivos), acontecimentos esses maioritariamente relacionados com o convívio e relacionamento com a família, as viagens e sucessos a vários níveis. Os idosos mencionaram também muitos acontecimentos relacionados com actividades de lazer, enquanto as crianças mencionaram brincadeiras como constituindo alguns dos momentos mais positivos para si. Quanto às estratégias de savoring, em ambos os grupos destacou-se a estratégia de partilha com os outros, tendo as crianças apontado também outras estratégias como o comportamento manifesto e o prolongamento da experiência, mais comportamentais, enquanto os idosos mencionaram também a comparação e a auto-congratulação. A análise das respostas das crianças permitiu-nos chegar a quatro estratégias diferentes das resultantes dos estudos de Bryant e Veroff com adultos, o que pensamos ser um passo importante para futuros estudos na área do processo de savoring em crianças.
Nowadays takes place a growing interest and the consequent increasing of the investigation in the area of positive psychology and in the promotion of well-being, but there is still a long way to go through to understand the concepts related with it. Therefore, this study is intended to contribute for the knowledge of the aspects not yet studied in the literature: children’s and elderly’s positive experiences as well as the way they try to maximize the positive emotions related to it through the process of savoring (a recent concept, related with the promotion of well-being), also trying to compare the results of both groups. With this objective in mind, focus group interviews were conducted with 23 elderly of an Associação de Reformados e Pensionistas (Pensioners’ Association) and with 71 children from the 3rd to the 6th years of school from a private school, both from the Lisbon area, and there was used WOSC (Ways Of Savoring Checklist) questionnaire, which was answered by 8 elderly. The data gathered composed the base of a content exploratory analysis. The results showed some similarities in the positive events mentioned by elderly and children (without global differences between the children from the different school years), which were mainly related with the interaction and relationship with the family, travelling, and successes in several areas. Elderly also mentioned many events related with recreation, while children mentioned fun as some of the most positive moments for themselves. In terms of savoring strategies, in both groups the strategy sharing with others was highlighted, with children also pointing out other strategies such as behavioral expression and the experience extension, more behavioral, while elderly also mentioned comparing and self-congratulation. The analysis of the children’s answers allowed us to reach four different strategies from the studies of Bryant and Veroff with adults, which we thought to be an important step to future studies in the area of the process of savoring on children.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia da Educação e da Orientação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4417
Appears in Collections:FP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfpie039549_tm.pdf787,34 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE