Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/4419
Título: Compreensão emocional : a compreensão causal das emoções em crianças de idade escolar
Autor: Cardoso, Maria do Rosário Carneiro Pacheco Carmona e Costa Souto
Orientador: Sá, Maria Isabel Real Fernandes de, 1959-
Palavras-chave: Causalidade
Desenvolvimento emocional
Emoções infantis
Teses de mestrado - 2011
Data de Defesa: 2011
Resumo: Considerando o papel de destaque da compreensão emocional no sucesso pessoal e social de um indivíduo, o presente estudo debruça-se sobre uma das suas componentes: a atribuição causal das crianças relativamente à origem das emoções. Através da aplicação de uma versão adaptada de um instrumento de avaliação emocional, o objectivo é explorar a legitimidade de algumas conclusões de estudos anteriores sobre o tema que levaram a assumir que as crianças mais novas entendem as suas emoções em termos de situações externas, enquanto as crianças mais velhas utilizariam estados mentais para definir as suas emoções, o que tem vindo a ser feito sempre através do confronto das crianças com histórias hipotéticas e questionando acerca das emoções da personagem principal. Participaram neste estudo 51 crianças, entre os 6 e os 10 anos, que responderam a uma entrevista semi-estruturada acerca daquilo que consideravam ser a origem das emoções tanto em situações em que a emoção era sentida por si próprios ou por terceiros. Foram confirmadas as hipóteses de que o tipo de factores que as crianças consideram na atribuição causal das emoções é independente da idade e, ainda, que quando reflectem acerca da sua própria experiência emocional, dão justificações de nível superior para a origem das emoções.
Considering the importance of emotional understanding on both individual and social success of a person´s life, the present study examined one of the emotional understanding components: the causal reasoning about the origin of emotions. Using an adapted version of a social-emotional assessment instrument for children, the purpose is to explore the legitimacy of the conclusions of some previous studies which assume that younger children understand emotions in terms of external situations while older ones use mental states in order to define their emotions. Most of these studies have assessed children´s abilities to infer others´ emotional states by presenting them with pictures of hypothetical others´ emotional reactions. Fifty one children were involved in this study, between six and ten years old, who answered to a semi-structured interview about what they think that would be the causes of the emotions that were being displayed in both conditions: whether was the children experiencing the emotion or a peer. The type of factors considered in identifying the cause of the emotion showed to be independent of the children´s age and, when thinking about one´s own emotional experience, the children gave more elaborated justifications then when were asked to think about a peer.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4419
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie039551_tm.pdf726,16 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.