Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/446

Title: As ânforas romanas de Mesas do Castelinho
Authors: Parreira, Jorge Cruz Fernandes
Advisor: Fabião, Carlos, 1959-
Keywords: Ânforas romanas - Almodôvar (Portugal)
Cerâmica - Almodôvar (Portugal)
Escavações arqueológicas - Almodôvar (Portugal)
Indústria e Comércio - Antiguidade
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2009
Abstract: After suffering an unforgivable attack to the heritage in the year of 1986, the Mesas do Castelinho site, was the target for 20 campaigns of digs which revealed a large proto-historic, later Romanized village which in the areas less affected by the destructions is in a remarkable state of conservation. From these works resulted the recollection of hundreds of kilos of archaeological artifacts that offer what is at this moment an unique glance over the process of Romanization of the south interior region of the actual Portuguese territory from the conquest until the end of the first century A.D., starting this way to give the first steps to fill the almost emptiness of knowledge which remains in this interior region, always forgotten in favor of the coastal areas. From between these various types of artifacts we here analyze the vast collection of amphorae of roman chronology, inside which we can find a remarkable diversity of forms, including several scarcely represented or even absent in Portugal until this moment. Therefore, this dissertation intends to use the testimony offered by these amphorae to reconstruct the economic evolution of this village and its relation with the regions which produced these containers, taking advantage, whenever possible, of the stratigraphic position of this artifacts with the goal of shortening the distance between the chronologic markers provided by each form.
Após sofrer um indesculpável atentado patrimonial no ano de 1986, o sítio de Mesas do Castelinho, Almodôvar, foi alvo de 20 campanhas de escavação que revelaram um extenso povoado proto-histórico, posteriormente romanizado que nas áreas menos afectadas por estas destruições se encontra em notável estado de conservação. Destes trabalhos resultou a recolha de centenas de quilos de materiais arqueológicos que nos oferecem o que até ao momento é um olhar único sobre o processo de romanização do interior sul do território português desde a conquista até ao final século I d.C., vindo deste modo a dar os primeiros passos no preenchimento do quase vazio de conhecimento que permanece nesta região interior, sempre esquecida em favor das áreas costeiras. De entre estes diversos materiais é aqui analisada a vasta colecção de contentores anfóricos de cronologia romana, dentro da qual podemos encontrar uma notável diversidade formal, incluindo várias formas escassamente representadas ou até inéditas em Portugal até este momento. Assim, esta dissertação pretende utilizar o testemunho oferecido por estas ânforas para reconstituir a evolução económica deste povoado e a sua relação com as regiões produtoras destes contentores, tirando partido, sempre que possível, do enquadramento estratigráfico destes materiais com o objectivo de aproximar as balizas cronológicas oferecidas por cada forma.
Description: Tese de mestrado, Arqueologia, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2010
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000575213
http://hdl.handle.net/10451/446
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
21415_ulfl071253_tm.pdf21.42 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE