Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
Departamento de Educação (FC-DE) >
Centro de Investigação em Educação (FC-DE-CIE) >
GI Didáctica da Matemática (FC-DE-CIE-GIDM) >
FC-DE-CIE-GIDM - Comunicações >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4525

Title: Números e álgebra no currículo escolar
Authors: Ponte, João Pedro da
Keywords: Álgebra
Números
Pensamento algébrico
Sentido de número
Currículo
Matemática
Issue Date: 2006
Citation: Ponte, J. P. (2006). Números e álgebra no currículo escolar. In I. Vale, T. Pimentel, A. Barbosa, L. Fonseca, L. Santos, & P. Canavarro (Eds.), Números e álgebra na aprendizagem da Matemática e na formação de professores – Actas do XIV EIEM (pp. 5-27). Lisboa: SEM-SPCE.
Abstract: Esta conferência tem por objectivo discutir os problemas que se colocam actualmente aos Números e Álgebra, dois temas que considero fundamentais no currículo da Matemática escolar, mas que pouca atenção têm tido na Educação Matemática em Portugal. Em primeiro lugar, analiso diversos aspectos que têm de ser tidos em conta na abordagem curricular dos conceitos numéricos e algébricos, incluindo os modelos intuitivos essenciais, as formas de representação fundamentais, o uso que se dá às tecnolo-gias e a natureza das actividades a realizar pelos alunos. Analiso igualmente algumas das principais dificuldades dos alunos na Aritmética e na passagem da Aritmética para a Álgebra, ou seja, aos problemas associados ao desenvolvimento do pensamento algébrico. Argumento, então, que no campo dos Números os principais problemas do currículo actual português prendem-se, por um lado, com a aprendizagem dos racionais, dada a insuficiente articulação entre as representações decimal e fraccionária e a reduzida atenção aos modelos intuitivos importantes para o desenvolvimento do conceito de número racional; prendem-se, por outro lado, com a visão redutora que prevalece quanto à actividade de aprendizagem do aluno, demasiado centrada no exercício e pouco atenta às potencialidades dos problemas e das explorações e investigações. Argumento, igualmente, que no campo da Álgebra, o principal problema do currículo português tem a ver com o seu quase desaparecimento como área bem definida, empobrecendo seriamente as experiências de aprendizagem de iniciação ao pensamento algébrico; daqui decorre uma variedade de problemas respeitantes aos contextos, representações, uso da tecnologia e actividades de aprendizagem. Argumento, finalmente, que pelos seus problemas específicos e pela evolução da sociedade, da educação e da tecnologia, estas questões devem merecer atenção central da educação matemática portuguesa.
This conference aims to discuss the problems faced today by the teaching of number and algebra, two topics that I regard as fundamental in the school mathematics curriculum, but that have attracted little attention by Portuguese mathematics education. First, I analyse several aspects that must be taken into account in curriculum approaches of numerical and algebraic concepts, including the essential intuitive models, the fundamental forms of representation, the place of technology and the nature of the activities to be carried out by pupils. I also analyze some of the main difficulties of students in Arithmetic and in moving from Arithmetic to Algebra, that is, the problems associated to the development of algebraic thinking. I argue that in the field of number the main problems of the current Portuguese curriculum are related, one the one hand, with learning of rational numbers, given the insufficient articulation between decimal and fraction representations and the little attention paid to important intuitive models for devel-oping the concept of rational number; these problems also relate, on the other hand, with a narrow pre-vailing view regarding the pupil learning activity of the, too much centred in exercises and little attentive of the potential of problems and explorations and investigations. I also argue that, in the field of Algebra, the main problem of the Portuguese curriculum is related to its almost disappearance as a well defined area, impoverishing in a serious way the learning experiences of initiation to algebraic thinking; from this, it follows a number of problems related to contexts, representations, use of technology and learning activities. I argue, finally, that, because of its specific problems and because of the evolution of the society, of education and of technology, these questions deserve central attention from Portuguese mathematics education.
Peer Reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/10451/4525
ISBN: 972-8614--07-1
Appears in Collections:FC-DE-CIE-GIDM - Comunicações

Files in This Item:

File Description SizeFormat
06-Ponte(Caminha).pdf167.28 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE