Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/455
Título: O mito de Hércules recriado: da loucura trágica de Eurípides à serenidade estóica de Séneca
Autor: Silva, Ana Filipa Isidoro da
Orientador: Pimentel, Maria Cristina,1954-
Palavras-chave: Eurípides, ca 480-406 a.C.
Séneca, 2? a.C.-65 d.C
Teatro - Grécia - Antiguidade
Teatro - Roma (Itália) - Antiguidade
Herácles (Figuras mitológicas)
Hércules (Figuras mitológicas)
Loucura na literatura
Estoicismo
Data de Defesa: 2008
Resumo: Este estudo pretende analisar as tragédias Heracles, de Eurípides, e Hercules Furens, de Séneca, numa perspectiva comparativa. Além de ver as semelhanças, procura-se descrever os aspectos que tornam as duas tragédias diferentes e únicas, vendo a forma como são tratadas e desenvolvidas as personagens e o tema da loucura de Héracles/ Hércules. O primeiro capítulo, mais teórico, aborda alguns traços gerais que caracterizam as tragédias dos dois autores; nele se inclui também um estudo que sintetiza a doutrina estóica, com especial incidência nos aspectos que melhor ajudam a compreender a função e objectivos parenéticos do corpus trágico de Séneca. No segundo capítulo, são contempladas as personagens das duas tragédias, excepto Héracles/Hércules e o Mensageiro, que são estudadas no capítulo seguinte. No terceiro capítulo, o protagonista é analisado em três momentos: antes, durante e depois da loucura. O quarto capítulo cinge-se ao estudo sobre a ascese de um proficiens e sobre a meditatio mortis nas tragédias Hercules Furens e Hercules Oetaeus.
This study aims to analyse in a comparative perspective Euripides'Heracles and Seneca's Hercules Furens. Besides recognising the similitude between the two tragedies, we describe the aspects that make them different and unique, understanding how the characters and the theme of madness of Heracles/Hercules are treated and developed. The first chapter is more theoretic; it deals with some general features that characterise Euripides' and Seneca's tragedies, and studies the Stoic philosophy with special attention to the aspects that enable the understanding of the paraenetic function and its objectives. In the second chapter characters from both plays are covered, except Heracles/Hercules and the Messenger that are studied in next chapter. In the third chapter the main character is analysed in three moments: before, during, and after madness. The fourth chapter studies the meditatio mortis in the plays Hercules Furens and Hercules Oetaeus, reasoning on the ascesis of the proficiens.
Descrição: Tese de mestrado, Estudos Clássicos, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2009
URI: http://hdl.handle.net/10451/455
Aparece nas colecções:FL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
18212_ulfl063643_TM.pdf5,33 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.