Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/4571
Título: A participação na comunidade virtual de aprendizagem Francnet : implicações no processo de ensino-aprendizagem do Francês
Autor: Carreira, Luísa Cristina Graça, 1964-
Orientador: Costa, Fernando António Albuquerque, 1958-
Palavras-chave: Comunidades virtuais - Portugal
Ensino da língua francesa
Aprendizagem da língua
Teses de mestrado - 2011
Data de Defesa: 2011
Resumo: Este estudo apresenta a análise e interpretação da actividade desenvolvida pelos alunos de uma turma de 7.º ano de escolaridade, participando ao longo de um ano lectivo numa Comunidade Virtual de Aprendizagem (CVA) construída no contexto da disciplina de Francês. O problema central de investigação consiste em compreender de que forma a Comunidade Virtual de Aprendizagem contribui para o desenvolvimento das capacidades de comunicação em língua estrangeira (oral e escrita) e de utilização pertinente dessa língua. O problema enunciado foi operacionalizado através das seguintes questões: 1) Como comunicam os alunos na Comunidade Virtual de Aprendizagem, construída no âmbito da disciplina de Francês? 2) De que modo a participação na Comunidade Virtual de Aprendizagem contribui para a aprendizagem da língua e da cultura francesas? 3) Como se comportam e que relações estabelecem os jovens enquanto membros da Comunidade Virtual de Aprendizagem, ou seja, como interagem nesse espaço virtual? O quadro teórico propõe e discute conceitos e perspectivas que caracterizam a natureza e o papel das ferramentas Web 2.0, em geral, e das comunidades virtuais de aprendizagem, em particular, no processo de ensino/aprendizagem das línguas estrangeiras. Considera ainda a interacção social no processo de ensino/aprendizagem, à luz do paradigma comunicativo na aprendizagem da língua e tendo em conta o desenvolvimento da competência plurilingue e pluricultural dos indivíduos. Adoptou-se neste estudo uma metodologia de investigação qualitativa, com o design de estudo de caso. A recolha de dados incluiu a observação participante, entrevistas aos alunos, notas de campo e documentos produzidos pelos alunos. Os resultados do estudo revelam uma aprendizagem da língua francesa sustentada pela prática e pelo sentimento de pertença à CVA. Foi possível caracterizar detalhadamente o papel da comunicação realizada através da participação na CVA, destacando-se a imersão na língua, o enriquecimento dos conteúdos de aprendizagem e o incremento do gosto pela disciplina. Verificou-se uma forte interdependência entre participação e aprendizagem. As relações e interacções estabelecidas no âmbito da CVA incluem traços de uma comunidade de prática, verificando-se que os alunos aprendem e sentem que aprendem pela interacção regular no espaço virtual da CVA.
This study presents the analysis and interpretation of the work done by a class of 7th graders participating over a school year in a virtual learning community (VLC) that was built in the context of the French Language subject. The essential research problem is to understand how the virtual learning community contributes to the development of communication skills in foreign language (oral and written) and to the appropriate use of that language. The stated problem was approached through the following questions: 1) How do students communicate within the virtual learning community built under the subject of French? 2) How does participation in the virtual learning community contribute to the learning of French language and culture? 3) How do youngsters perform and establish relationships as members of the virtual learning community, or in other words, how do they interact in this virtual space? The theoretical framework proposes and discusses concepts and perspectives that characterize the nature and role of Web 2.0 tools, in general, and of virtual learning communities, in particular, in the teaching and learning of foreign languages. It also considers the social interaction in teaching and learning in light of the communicative paradigm in foreign language learning and taking into account the development of individuals‟ multilingual and multicultural competence. This study followed a qualitative research methodology, with a case-study design. Data collection included participant observation, interviews with students, field notes and documents produced by the students. The results of the study show that the learning of French was sustained by practice and by a sense of belonging to the VLC. It was possible to characterize in detail the role of communication performed through participation in the VLC, especially in what concerns the immersion in the French language, the enrichment of the learning content and the increasing appreciation for the subject. There was a strong interlink between participation and learning. The relationships and interactions established under the VLC include traces of a community of practice, providing evidence that students learn and feel they learn through regular interaction in the virtual space of the VLC.
Descrição: Tese de mestrado, Ciências da Educação (Tecnologias Educativas), Universidade de Lisboa, Instituito de Educação, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4571
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie039583_tm.pdf2,27 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.