Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4630

Title: The emergence of genetics in Portugal: J. A. Serra at the crossroads of politics and biological communities (1936-1952)
Authors: Gago, Maria do Mar
Advisor: Simões, Ana, 1958-
Keywords: Genética
Centro - periferia
Tradições nacionais
Comunidades biológicas
Mendelismo
Pecuária
Práticas experimentais
Fascismo
Política
Teses de mestrado - 2009
Issue Date: 2009
Abstract: This thesis aims to contribute to a better understanding of the history of biology in Portugal. Genetics in Portugal emerged in the 1930s. Why not before and how this took place were the two questions I proposed to answer in the fist part of this thesis. My approach focuses on the dynamics between different biological communities and on the influence other “national traditions” in biology had on a periphery such as Portugal. A historical survey of the first decades of the twentieth century regarding the extant sources on Mendelism is provided and the influence of the French tradition in biology is debated. In the second part, following the scientific life of the leading Portuguese geneticist J. A. Serra (from 1936 until 1952), I analyse the emergence of genetics in the Faculty of Sciences of the University of Coimbra, discussing the influence of German genetics during World War II. Here I add a further dimension by looking into the relation between science and politics, as a reciprocal one. Two main conclusions: 1) the emergence of genetics in Portugal during the 1930s played a crucial role on the migration of experimental practices among different biological communities; and 2) the consolidation of genetics in the university context of Coimbra was shaped and occasionally benefited from the political agenda of the New State.
Esta tese pretende ser um contributo para um maior conhecimento da história da biologia em Portugal. A genética em Portugal emergiu na década de 1930. Numa primeira parte procurei compreender como é que isso sucedera e porque que não antes. Escolhi como objecto de enfoque as dinâmicas entre as diferentes comunidades biológicas e a influência de outras “tradições nacionais” em biologia num país periférico como Portugal. Numa primeira parte, é apresentado um conspecto histórico de fontes das primeiras décadas do século XX em que o Mendelismo é mencionado, e debatida a influência da tradição francesa em biologia. Numa segunda parte, acompanhando a vida científica do geneticista J. A. Serra (de 1936 a 1952), analisei a emergência da genética na Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra, discutindo a influência da genética alemã durante a Segunda Guerra Mundial e a recíproca relação entre a genética e o regime fascista português. Duas conclusões principais: 1) a emergência da genética teve um papel crucial na migração de práticas experimentais entre diferentes comunidades biológicas; e 2) a consolidação da genética no contexto universitário de Coimbra foi moldada e por vezes beneficiou da agenda política do Estado Novo.
Description: Tese de mestrado, História e Filosofia das Ciências, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009
URI: http://hdl.handle.net/10451/4630
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc055992_tm_Maria_Gago.pdf511.9 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE