Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Educação (IE) >
IE - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4633

Título: Ser professor universitário em tempos de mudança : a profissão acadêmica e suas reconfigurações
Autor: Silva, Ana Célia Bahia
Orientador: Nóvoa, António, 1954-
Afonso, Natércio, 1948-
Palavras-chave: Professores universitários
Ensino superior
Profissão docente
Teses de doutoramento - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: The Thesis focuses on the analysis of the academic profession under the influence of the government policies for Higher Education and it is theoretically streamlined in the framework of Sociology of Higher Education and Sociology of the Professions The main aim is to describe and analyze the reconfiguration of the academic profession over the on going scenario of changes in Higher Education. The study is based on two fundamental premises: firstly the reconfiguration of the academic profession under the influence of policies and secondly, university teachers, as important social actors in policy implementation, are not passive individual. By giving voice to teachers, the study focuses on understanding how they experience changes in academic work and respond to the policies, what strategies they adopt to deal with constraints, their modes to be in the profession, the dilemmas they face and the strategies they use to respond. The documental research was focused on documents related to Higher Education, the Bologna Process, International Reports, documents guiding the policies of Higher Education in Brazil and Summary on Higher Education Census in Brazil, to capture their ideas-force on the changes in the university world, in special the ones relating to university teachers’ work. The empirical research was conducted in universities located in the Brazilian Amazon with the application of mixed methods of methodological approaches, with a sequential exploratory strategy in two phases: semi-structured interviews and a survey questionnaire. The empirical evidence suggests that university teachers have relative control over their work, find ways to practice the profession and reconcile their interests with the demands of academic work. Although the constraints stemming from the policies in academic work and working conditions, they would remain in the profession, they use strategies to deal with the impacts of policies. Despite these evidences, academic profession has many complex faces and deal with ambiguous challenges that are reshaping or reconfiguring the academic work and profession. The reconfiguration is contradictory and the responses ambivalent.
A Tese tem como foco de análise o estudo da profissão acadêmica face às políticas de educação superior e está situada em um quadro teórico com as principais referências da Sociologia da Educação Superior e da Sociologia das Profissões. Tem por objetivo descrever e analisar a reconfiguração da profissão acadêmica no quadro das mudanças em curso na educação superior. O estudo parte de duas premissas fundamentais: da reconfiguração da profissão acadêmica sob a influência das políticas e a premissa de que os professores, como atores sociais importantes na implementação das políticas, não são meros receptores passivos. Ao dar voz aos professores, o estudo foca a compreensão de como vivenciam a profissão e respondem às políticas, quais estratégias adotam para lidar com os constrangimentos delas oriundos, bem como seus modos de estar na profissão, os dilemas que enfrentam e suas estratégias de ação. A pesquisa documental foi centrada em documentos relacionados à Educação Superior, ao Processo de Bolonha, Informes e Relatórios Internacionais, documentos orientadores das políticas e sinopses sobre Educação Superior no Brasil, na perspectiva de captar suas ideias-força sobre as transformações no mundo universitário, em especial nas questões relativas ao trabalho dos professores. A pesquisa empírica foi realizada em universidades situadas na Amazônia brasileira, com abordagem metodológica de métodos mistos, em estratégia exploratória sequencial, com entrevistas semi-estruturadas e inquérito por questionário. O estudo conclui que os professores têm controle relativo sobre seu trabalho e encontram modos de exercer a profissão e conciliar seus interesses com as demandas do trabalho acadêmico. Embora sob os constrangimentos decorrentes das políticas no trabalho acadêmico e nas condições de trabalho, permaneceriam na profissão, reinterpretam as políticas e adotam comportamento estratégico ao utilizar os meios para lidar com os impactos das políticas. Apesar dessas evidências a profissão acadêmica tem muitas e complexas faces e lida com desafios ambíguos que a estão reconfigurando. A reconfiguração é contraditória e as reações são ambivalentes.
Descrição: Tese de doutoramento, Educação (Administracão e Política Educacional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4633
Appears in Collections:IE - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd061508_td_vol_2_anexos.pdf45,75 MBAdobe PDFView/Open
ulsd061508_td_vol_1.pdf2,32 MBAdobe PDFView/Open
ulsd061508_td_resumos_indices.pdf294,52 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia