Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/467

Title: Luís Serrão Pimentel, 1613-1679: cosmógrafo mor e engenheiro mor de Portugal
Authors: Ferreira, Nuno Alexandre Martins
Advisor: Domingues, Francisco Contente, 1959-
Keywords: Pimentel, Luís Serrão,1613-1678
Cosmógrafos - Portugal - séc.17
Navegação marítima - séc.17
Arquitectura militar - Portugal - séc.17
Ensino - Portugal - séc.17
História da ciência - Portugal - séc.17
Issue Date: 2009
Abstract: O cosmógrafo mor e engenheiro mor de Portugal, Luís Serrão Pimentel (1613-1679), notabilizou-se no ensino da náutica e da arquitectura militar. A partir dos cargos que ocupou é possível analisar a estrutura da cultura científica do país em Seiscentos. No domínio da náutica portuguesa destaca-se a criação da Aula da Esfera e o funcionamento da Lição do Cosmógrafo Mor, na forma como Portugal se posicionou no contexto da aprendizagem técnica na Península Ibérica. As dificuldades sentidas na manutenção das possessões ultramarinas, acossada com a investida de outras potências europeias, e o fim da União Ibérica em 1640 mostraram a urgência de uma organização interna no Reino. A reestruturação das instâncias militares foi prioridade do novo Rei, D. João IV. A rápida criação de diversos órgãos, como o Conselho de Guerra, reforçou o compromisso régio de dotar o país de defesas militares capazes de enfrentar a renúncia espanhola em aceitar a independência nacional. Neste contexto, a Luís Serrão Pimentel se deve a institucionalização do ensino militar, com a criação da Aula de Fortificação e Arquitectura Militar, a primeira escola de formação de futuros engenheiros. Foi autor do primeiro tratado de fortificação português, o Methodo Lusitanico (1680), para além de manuais de navegação. Enquanto professor interessou-se pelo problema da determinação da longitude, examinou futuros pilotos e engenheiros, participou activamente em alguns dos momentos mais importantes das Campanhas da Restauração. O legado da sua produção escrita resultou, por isso, de um conhecimento teórico desenvolvido a partir da prática decorrente dos Descobrimentos e da conjuntura das Campanhas da Restauração. Luís Serrão Pimentel viveu num século de revoluções políticas, militares e científicas e dele soube tirar proveito, o que lhe valeu o reconhecimento de Cosmo III de Médici e a entrada na Academia dos Generosos, círculo reservado aos mais selectos intelectuais de Portugal.
The main cosmographer and engineer of Portugal, Luis Serrão Pimentel (1613-1679), gained notoriety at the service of nautical and military architecture teaching. Taking into account the positions he held it‟s possible to analyze the structure of the scientific culture of the country in the sixteenth century. In what Portuguese nautical science is concerned, we highlight the establishment of the Esfera‟ Lesson and the Main Cosmographer Lesson in the context of technical studies of the Iberian Peninsula. The difficulties experienced in the maintenance of overseas possessions, attacked by other european powers, and the end of the Iberian Union in 1640 unveiled the urgent need of an internal organization in the Kingdom. The restructuring of the military authorities was a priority to the new King, John IV. Several organs emerged, such as the War Council, to reinforce the commitment to provide the country with military defenses to face the Spanish reluctance to accept the Portuguese independence. In this context, the military education was institutionalized with the establishment of the Fortification and Military Architecture Lesson, the first training school for future engineers, by request of Luís Serrão Pimentel. Pimentel was author of the first portuguese fortification treaty, Methodo Lusitanico (1680), and several navigation manuals. As a professor, he was involved in the longitude issue, he examined future pilots and engineers, and he actively participated in important moments of the campaigns of the Independence Restoration. The legacy of his written production resulted of a theoretical knowledge developed from the practice obtained with the Discoveries and the military situation then experienced. Luís Serrão Pimentel has lived in a century of political, military and scientific revolutions and he knew how to take advantage from it. He was recognized by Cosimo III Medici and by Academia dos Generosos, a high selected club of intellectuals.
Description: Tese de mestrado, História dos Descobrimentos e da Expansão, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000571717
http://hdl.handle.net/10451/467
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
21222_ulfl071218_tm.pdf1.28 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE