Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Reitoria (REIT) >
REIT - Relatórios de projecto >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4749

Título: Identificação da origem dos principais focos de poluição através do mapeamento espacial de isótopos de enxofre na área industrial de Sines
Autor: Barros, Ceres
Orientador: Branquinho, Cristina, 1967-
Issue Date: 2011
Resumo: A monitorização do enxofre (S) é extremamente importante nos dias de hoje, mesmo tendo em conta a implementação e legislação de medidas de redução das emissões de compostos sulfurosos, já que é necessário averiguar a eficácia destas mesmas medidas e o modo como os valores de S nos ecossistemas têm vindo a evoluir. Esta monitorização pode ser feita com recurso a biomonitores, como é o caso dos líquenes. Dadas as características fisiológicas destes organismos, os líquenes retêm em si os elementos que absorvem da atmosfera e portanto a sua análise é representativa da mesma. No entanto, o S pode ser emitido a partir tanto de fontes naturais, como vulcânicas, marinhas, ou de processos de decomposição, como de fontes 3 antropogénicas, dificultando a identificação da sua origem. Para responder a este problema é feita a análise isotópica do S retido pelos líquenes, cuja assinatura é fiel àquela que interceptaram do ambiente e, por sua vez, nos dá a indicação da fonte emissora de onde o S proveio. Através da amostragem do líquen Parmotrema hypoleucinum na área industrial de Sines e envolventes, e sua análise em concentração de S e seus valores isotópicos, este estudo demonstrou que na área de estudo existem duas fontes principais de S: antropogénica e marinha. A influência marinha, traduzida por valores isotópicos superiores, estende-se até cerca de 4000m de distância ao mar, mas mesmo nesta faixa foi possível distinguir as fontes antropogénicas de S (ETAR e Central Termoeléctrica de Sines). Através da comparação dos resultados obtidos com resultados de estudos anteriores na mesma área de estudo, concluiu-se também que as emissões de S têm vindo a reduzir, o que significará que as medidas de mitigação implementadas pelas indústrias emissoras de S serão eficazes.
Descrição: Relatório de projecto no âmbito de Bolsa Universidade de Lisboa/Fundação Amadeu Dias (2010/2011). Universidade de Lisboa. Faculdade de Ciências
URI: http://hdl.handle.net/10451/4749
Appears in Collections:REIT - Relatórios de projecto

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd_re_Ceres_Barros.pdf1,48 MBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia