Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Reitoria (REIT) >
REIT - Relatórios de projecto >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4749

Título: Identificação da origem dos principais focos de poluição através do mapeamento espacial de isótopos de enxofre na área industrial de Sines
Autor: Barros, Ceres
Orientador: Branquinho, Cristina, 1967-
Issue Date: 2011
Resumo: A monitorização do enxofre (S) é extremamente importante nos dias de hoje, mesmo tendo em conta a implementação e legislação de medidas de redução das emissões de compostos sulfurosos, já que é necessário averiguar a eficácia destas mesmas medidas e o modo como os valores de S nos ecossistemas têm vindo a evoluir. Esta monitorização pode ser feita com recurso a biomonitores, como é o caso dos líquenes. Dadas as características fisiológicas destes organismos, os líquenes retêm em si os elementos que absorvem da atmosfera e portanto a sua análise é representativa da mesma. No entanto, o S pode ser emitido a partir tanto de fontes naturais, como vulcânicas, marinhas, ou de processos de decomposição, como de fontes 3 antropogénicas, dificultando a identificação da sua origem. Para responder a este problema é feita a análise isotópica do S retido pelos líquenes, cuja assinatura é fiel àquela que interceptaram do ambiente e, por sua vez, nos dá a indicação da fonte emissora de onde o S proveio. Através da amostragem do líquen Parmotrema hypoleucinum na área industrial de Sines e envolventes, e sua análise em concentração de S e seus valores isotópicos, este estudo demonstrou que na área de estudo existem duas fontes principais de S: antropogénica e marinha. A influência marinha, traduzida por valores isotópicos superiores, estende-se até cerca de 4000m de distância ao mar, mas mesmo nesta faixa foi possível distinguir as fontes antropogénicas de S (ETAR e Central Termoeléctrica de Sines). Através da comparação dos resultados obtidos com resultados de estudos anteriores na mesma área de estudo, concluiu-se também que as emissões de S têm vindo a reduzir, o que significará que as medidas de mitigação implementadas pelas indústrias emissoras de S serão eficazes.
Descrição: Relatório de projecto no âmbito de Bolsa Universidade de Lisboa/Fundação Amadeu Dias (2010/2011). Universidade de Lisboa. Faculdade de Ciências
URI: http://hdl.handle.net/10451/4749
Appears in Collections:REIT - Relatórios de projecto

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd_re_Ceres_Barros.pdf1,48 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE