Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4800
Title: Ser ou não ser percepcionado como criativo pelos professores: Diferenciações pessoais associadas, ao longo da adolescência
Authors: Veiga, Feliciano
Caldeira, Maria José
Keywords: Criatividade
Atitudes face a si mesmo
Autoconceito escolar
Adaptação
Issue Date: 2005
Abstract: O presente estudo teve como objectivo a análise da relação entre a variável “criatividade dos alunos percepcionada como atribuída pelos professores” e dimensões das atitudes pessoais dos alunos face a si mesmos, em distintos aspectos, cognitivos, afectivos e comportamentais. A amostra foi constituída por 298 sujeitos de diferentes anos de escolaridade (7º, 9º e 11º anos), de escolas da Grande Lisboa, englobando sujeitos dos dois sexos e de diferentes nacionalidades. A análise dos resultados permitiu observar, em variadas situações, diferenças significativas nas dimensões das atitudes dos alunos face a si mesmos em função da criatividade, com superiores resultados nos alunos vistos como criativos; porém, tais diferenciações não se observaram na disrupção escolar dos alunos. Observou-se, ainda, o efeito da interacção da variável “ano de escolaridade” com a criatividade. A discussão dos resultados é apresentada com sugestão de novas pesquisas
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10451/4800
Appears in Collections:FC-DE-CIE-GIEDF - Comunicações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ser ou não ser percepcionado como criativo pelos professores-Diferenciações pessoais.pdf85,35 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.