Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4844

Título: Genetic diversity in a little known lemur species from the north of Madagascar (Microcebus tavaratra)
Autor: Pais, Isa Gameiro Aleixo, 1980-
Orientador: Chikhi, Lounès
Sucena, Élio
Palavras-chave: Genética das populações
Lemur
Madagascar
Teses de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: Estudos sobre a delimitação das espécies e genética populacional providenciam-nos informação sobre a evolução das espécies assim como a sua resposta natural às pressões antropogénicas. Ainda assim, para muitas espécies, esses efeitos ainda não foram estudados e necessitam de mais investigação (Hanski et al., 1998). Este é o caso dos lémures rato (género Microcebus) que habitam as florestas de Daraina. Foi sequenciado o ADN mitocondrial de 72 indivíduos Microcebus, cujas amostras tinham sido recolhidas em três fragmentos de floresta, de modo a determinar se eram todos membros da mesma espécie, a M. tavaratra, uma vez que dois outros indivíduos desta espécie já tinham sido identificados nesta região (Weisrock et al., 2010). É importante perceber como a diversidade genética é distribuída tanto para os genes mitocondriais como para os nucleares (microsatélites), uma vez que o rio Manankolana e outros aspectos ecológicos de Daraina já demonstraram desempenhar um papel importante na estrutura genética de algumas populações (Quéméré et al., 2010; Radespiel et al., 2008). Os resultados sugerem que todos os indivíduos pertencem à espécie M.tavaratra e que é mantida uma grande variabilidade genética nas populações de Bekaraoka e Solaniampilana. Contudo, na floresta de Binara, a falta de diversidade genética em todos os mtADN loci é surpreendente. Por outro lado, os dados dos microsatélites demonstraram que afinal a população de Binara exibe variabilidade genética assim como as outras duas populações. Como tal, não foi possível identificar nenhuma estrutura populacional ao nível nuclear. Embora seja provável que este seja o estudo mais abrangente geograficamente sobre os Microcebus de Daraine, os resultados sugerem que é necessária mais investigação. Estudos como este são importantes para que se implementem planos de conservação coerentes e consistentes para as espécies em risco.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Biologia da Conservação). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4844
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc092721_tm_isa_pais.pdf1,98 MBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia