Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia (FP) >
FP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4870

Título: A incomodidade do ruído : relações com o nível de exposição sonoro e identidade de lugar
Autor: Bento, Eliana Fernandes Morais
Orientador: Oliveira, José Manuel da Palma, 1958-
Palavras-chave: Efeitos do ruído
Identidade social - Portugal
Psicologia ambiental
Teses de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: Esta pesquisa pretende estudar o impacto dos níveis de exposição do ruído ambiente (Lnoite) na percepção de incómodo do ruído. Propõe, à semelhança de modelos doseresposta existentes, que existe uma relação positiva entre estes. Explora também o efeito da identidade de lugar e social na percepção de incómodo do ruído, agindo como variável moderadora. Sugere que, em níveis de ruído mais elevados, os habitantes com elevada identidade de lugar apresentam tendencialmente menor incómodo percebido; e que, habitantes com baixa identidade de lugar, de modo geral, têm uma maior percepção de incómodo e vice-versa. Em todas as condições se analisa a incomodidade para ruído de tráfego e, especificamente, rodoviário e aéreo. O estudo consiste na aplicação de inquéritos sócio-acústidos a 725 habitantes de 29 bairros do município de Lisboa, em três zonas diferenciadas de ruído (Ln baixo, médio e elevado). Para a determinação do local da aplicação é utilizado o mapa de ruído global nocturno da cidade de Lisboa. Os resultados revelam a existência de uma relação positiva significativa entre o nível de ruído ambiente (Ln) e a percepção de incómodo. Refutam-se as hipóteses do efeito de moderação da identidade de lugar e social, ao nível do bairro e da cidade, na percepção de incómodo derivado do ruído.
This research aimed to explore the impact of environmental noise (Lnight) exposure in noise annoyance. It proposes, likewise other dose-response model studies, a positive relation between them. In addition, for higher levels of environmental noise it is expected that highly social and place identified residents would show lower noise annoyance, in all conditions. It also analyses the possible moderator effect of social and place identity on noise annoyance, suggesting that residents with a high social and place identity should have a lower noise annoyance and vice-versa. For all conditions the traffic annoyance, specifically road and air annoyance, are analysed. The study consists on the application of social-acoustic inquiries on 725 Lisbon inhabitants, over 29 neighbourhoods, in three distinct noise level areas (Ln low, medium, high). To determine the marked location for the application, the night-time noise map of the city of Lisbon is used. The results show a significant positive relation between noise exposure level and noise annoyance. The hypothesis of social and place identity (city and neighbourhood), as having a moderator effect on noise annoyance, is rejected.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Cognição Social Aplicada), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4870
Appears in Collections:FP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfpie039634_tm.pdf596,13 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE