Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Educação (IE) >
GI Didáctica da Matemática (IE-GIDM) >
IE - GIDM - Artigos em Revistas Nacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4881

Title: A demonstração matemática no 8.º ano no contexto de utilização do Geometer’s Sketchpad
Authors: Machado, Sílvia
Santos, Leonor
Keywords: Aprendizagem
Formulação de conjecturas
Teste de conjecturas
Demonstração matemática
Geometer´s Sketchpad
Issue Date: 2011
Publisher: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa
Citation: Revista de Educação, Vol. XVIII, nº 1, 2011
Abstract: Este artigo baseia-se num estudo que pretendia estudar a capacidade de demonstração matemática de alunos do 8.º ano de escolaridade, num contexto de utilização do software Geometer´s Sketchpad. A metodologia de natureza qualitativa interpretativa recorre a estudos de caso. A recolha de dados serve-se da observação com registo áudio e vídeo de aulas, de entrevistas semi-estruturadas gravadas em áudio, de documentos produzidos pelos alunos e do diário de bordo da investigadora. A análise baseia-se em categorias definidas a posteriori, orientada pelas questões do estudo e pelo quadro de referência teórico. Na formulação e teste de conjecturas, os alunos recorrem ao raciocínio por analogia e à observação de invariantes. Identificam como funções da demonstração, a validação, a explicação, o desafio intelectual e a compreensão do seu significado. No final do estudo, a demonstração surge-lhes como algo que valida o conhecimento matemático não só para si, mas também para a comunidade sala de aula. Apresentam dificuldades na realização das demonstrações, nomeadamente em saber que resultados usar e na sua redacção (aspecto mais problemático até ao final). As demonstrações realizadas apelam ao método directo e ao contra-exemplo. A sua aceitação depende de todos os elementos presentes na comunidade sala de aula.
This article is based in a study that intends to study the capacity on mathematical proofs of 8th grade students, using the software Geometer´s Sketchpad. The interpretative and qualitative methodology use case studies. Data collection resorts to observation with audio and video records of lessons, to semi-structured audiotape interviews, to documental analysis of artefacts made by the students, and to a log book of the research. The data analysis is based on categories defined a posteriori, guided by the study’s issues and the theoretical framework. In the formulation and testing of conjectures, the students use reasoning by analogy and observation of invariant. They identify validation, explanation, intellectual challenge and comprehension of meaning as the main functions of proof. At the end of the study, proof emerges as something that validates the mathematical knowledge, not only for each student, but also for the classroom community. They show difficulties in the accomplishment of the proofs, in particular, to know what results to use and how to write them (the most problematic aspect until the end). The proofs carried through make use of the direct method and the counter-example. Their acceptances depend on all the members of the classroom community.
Peer Reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/4881
ISSN: 0871-3928
Appears in Collections:IE - GIDM - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Machado & Santos (2011).pdf519.42 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE