Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4889

Title: Biodiversidade de charcos temporários de diferentes idades na Serra de Grândola, Portugal
Authors: Pereira, Ana Margarida Coelho Lucas Bica, 1988-
Advisor: Rebelo, Rui Miguel Borges Sampaio e, 1969-
Keywords: Conservação das espécies
Biodiversidade
Anfíbios
Macroinvertebrados
Charcos temporários
Grândola - Portugal
Teses de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Abstract: Os charcos temporários têm sido negligenciados, contudo são dos habitats mais importantes para algumas espécies de anfíbios e de macroinvertebrados que preferem estes ecossistemas. Dado o declínio de anfíbios que se tem verificado nos últimos anos, os charcos temporários mediterrânicos são de grande importância e a sua criação pode ser uma acção de conservação muito eficaz. Este estudo pretendeu analisar a influência da idade dos charcos escavados ao longo dos últimos anos na Serra de Grândola, assim como a vizinhança de outros charcos na sua colonização por anfíbios, tentando dar uma contribuição crítica para a conservação da biodiversidade destes habitats. Realizaram-se amostragens durante um ano hidrológico através de passagens de camaroeiro em 29 charcos da Serra de Grândola, sendo 10 deles escavados dentro da Herdade da Ribeira Abaixo. Foram também registadas características abióticas de cada charco e caracterizadas a comunidade de macroinvertebrados predadores de formas larvares de anfíbios e a de plantas aquáticas. Verificou-se uma relação positiva entre a distribuição de anfíbios e de macroinvertebrados com o hidroperíodo do charco, seguido da profundidade e área. Não houve uma influência significativa da idade, e esta pode estar relacionada apenas com a presença de vegetação, visto alguns grupos preferirem charcos com uma grande cobertura por plantas aquáticas. Os resultados de uma análise canónica de correspondências revelaram que charcos mais velhos estão associados a menores profundidades, maiores coberturas por vegetação e a diferentes comunidades de anfíbios e macroinvertebrados, havendo assim uma separação entre estes dois tipos de charcos. A conservação destes habitats é de extrema importância e deve tentar abranger todo o tipo de hidroperíodos, profundidades e áreas, uma vez que diferentes espécies têm diferentes preferências. Preenchendo estes parâmetros, os charcos temporários na Serra de Grândola possuem um grande valor de conservação.
Temporary ponds have been neglected in the past, but are one of the richest and more important habitats for some species of amphibians and macroinvertebrates that depend on these ecosystems. Given the decline of amphibians that has been evident in recent years, Mediterranean temporary ponds are of great importance and actions aiming at its creation may be an effective conservation measure. The aim of this study was to analyze the influence of pond age, as well as of distance to the nearest pond in the distribution of amphibians and selected groups of macroinvertebrates, as well as to follow the colonization of ponds excavated in 2010 in Serra de Grândola. This way, we tried to provide a critical contribution to the conservation of the biodiversity of temporary ponds. Twenty-nine ponds (10 of which recently escavated at the Herdade da Ribeira Abaixo) were sampled with dip-nets along a full hydrological year. Pond abiotic characteristics were also recorded, such as depth, area and hydroperiod. We also measured coverage by each species of aquatic plants. The results show that there is a relationship between the distribution of amphibians and macroinvertebrates with pond hydroperiod, depth, and area. There was no significant influence of pond age on amphibian abundance; the effects of age are related with the presence of aquatic plants, as some groups prefer ponds with a high plant cover. A canonical correspondence analysis showed that old ponds were associated with lower depths, higher plant cover and different amphibian and macroinvertebrate communities when compared with recently excavated ponds. The conservation of these habitats is extremely important and should cover the whole range of hydroperiods, depths and areas, since different species have different requirements. By covering all this range, the temporary ponds in the Serra de Grândola are of great conservation value.
Description: Tese de mestrado. Biologia (Biologia da Conservação). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4889
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc092719_tm_ana_pereira.pdf826.43 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE