Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/4890

Título: Ecologic relevance of small estuarine systems from portuguese south and southwest coasts : structure, function and ecologic integrity comparative analysis based on fish and macroinvertebrate benthic communities
Autor: Cardoso, Inês Pena dos Reis Alfaro, 1976-
Orientador: Fonseca, Luís Cancela da, 1954-
Cabral, Henrique N., 1969-
Palavras-chave: Macroinvertebrados
Peixes
Sistemas estuarinos
Ecologia aquática
Vulnerabilidade
Teses de doutoramento - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: Estuarine ecosystems are amongst the most valuable environments in the world because of their high productivity and their fundamental role concerning ecosystem services for coastal communities. These systems are historically under high levels of human induced impacts which drove to the acknowledgement that management measures must be taken. Within the European context, the Water Framework Directive established goals to preserve estuarine systems’ integrity and tools were developed by the scientific community to respond to those goals and produce some measurement of the systems’ ecological quality. For the establishment of ecological integrity, knowledge on systems ecological communities is fundamental. This work aimed to contribute to the actual knowledge on small estuarine systems of the Portuguese south and southwestern coasts highlighting their ecological relevance. Fish and benthic macroinvertebrate communities from five small estuarine systems were analysed since they are considered fundamental ecological indicators. Results showed that these small estuarine systems provide temporary habitats, shelter and feeding grounds to coastal fish communities. Seasonal patterns were important to the diversity values found for fish communities. For benthic communities, results indicated sediment components are important to explain differences between systems. With this knowledge support, tools to assess ecological quality were chosen and applied, for both fish and macroinvertebrate communities. Result interpretations were not straightforward to the assessment of ecological quality status in systems with high natural perturbations indices. Nevertheless, analyses of all metrics included was highly informative and enabled, to some extent, differentiating ecological conditions between systems. An assessment of systems vulnerability was made which allowed setting guidelines and recommendations for management and preservation of each system.
Os sistemas estuarinos estão entre os ecossistemas mais valorizados não só devido à sua elevada produtividade mas também aos serviços fundamentais de ecossistema que proporcionam às populações costeiras. Estes ecossistemas têm sido historicamente sujeitos a elevados níveis de pressão antropogénica, o que levou à necessidade do estabelecimento de medidades de gestão. No contexto Europeu, com a Directiva Quadro da Água, foram delineados objectivos concretos para a preservação dos estuários e foram desenvolvidas ferramentas para uma avaliação do seu actual estado ecológico. As comunidades de peixes e de macroinvertebrados bentónicos são consideradas componentes fundamentais para a avaliação do estado ecológico dos sistemas estuarinos, sendo fundamental o conhecimento dos factores que determinam a diversidade, composição específica e distribuição destas comunidades. O presente trabalho contribui para o conhecimento da ecologia de cinco pequenos estuários das costas Sul e Sudoeste de Portugal, evidenciando a função ecológica destes sistemas. Os resultados mostraram que os sistemas escolhidos são importantes habitats temporários para as comunidades de peixes costeiras, servindo de abrigo e local de alimentação. Para estas comunidades, os padrões sasonais foram determinantes para os valores de diversidade. Para as comunidades de macroinvertebrados, os resultados suportaram a hipótese de que as características do sedimento explicam as diferenças entre as comunidades dos diferentes sistemas. Estes resultados contribuíram para a escolha das ferramentas a utilizar na avaliação da qualidade ambiental, e diversos índices ecológicos foram aplicados a cada comunidade. Apesar da dificuldade de interpretação das actuais ferramentas nestes sistemas de elevada variabilidade natural, os resultados evidenciaram que as métricas em que se baseiam os índices aplicados são bastantes informativas permitindo, até certa medida, diferenciar diferentes estados ecológicos ao longo dos sistemas. A avaliação de vulnerabilidade efectuada para cada sistema permitiu o estabelecimento de possíveis medidas e linhas de mitigação dos principais impactos antropogénicos.
Descrição: Tese de doutoramento, Biologia (Biologia Marinha e Aquacultura), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4890
Appears in Collections:FC - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd061739_td_Ines_Cardoso.pdf4,23 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE