Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/4937
Título: Crescimento pós-traumático : o impacto de falar sobre os aspectos positivos de uma experiência traumática
Autor: Fonseca, Cátia Calretas da
Orientador: Marujo, Helena Águeda, 1958-
Palavras-chave: Traumas
Psicologia positiva
Teses de mestrado - 2011
Data de Defesa: 2011
Resumo: A psicologia tem-se focado mais no estudo das consequências negativas dos eventos traumáticos, subestimando a capacidade natural do ser humano ultrapassar e mesmo aprender com estes eventos. Também ao nível do processamento de acontecimentos significativos os estudos têm-se centrado nos acontecimentos negativos. Este estudo, realizado com 10 adolescentes do sexo feminino, explora a importância de falar sobre as aprendizagens e benefícios das experiências traumáticas, utilizando o conceito de crescimento pós-traumático. Está dividido em duas partes, e em ambas se utilizou uma entrevista semi-estruturada. Na primeira parte avaliam-se as aprendizagens e mudanças positivas que as adolescentes retiram das suas experiências mais negativas; na segunda parte avalia-se o impacto de terem falado sobre os benefícios da experiência traumática. Entre os dois momentos do estudo decorreu um intervalo temporal de duas semanas. Os resultados, analisados através da Análise de Conteúdo, revelaram que a maioria das adolescentes encontra algumas mudanças positivas nas suas experiências mais negativas, sobretudo na sua relação com os outros ao nível do apoio social e, numa visão de si mais positiva. Verificou-se ainda que falar sobre esses benefícios produz um impacto positivo e fornece uma nova perspectiva sobre a experiência, que a maioria das adolescentes não tinha notado até então.
Psychology has focused more on the study of the negative consequences of traumatic events, underestimating the natural ability that human beings have to overcome and learn with these events. Also, studies have focused on the way that people process these negative events. This study, conducted with 10 female adolescents, explores the importance of talking about the benefits of traumatic experiences, using the concept of posttraumatic growth. The study is divided into two moments and both included semi-structured interviews. The first moment evaluates the learning experiences and the positive changes that adolescents recognize from their most negative experiences; the second moment assesses the impact of having spoken about the benefits of the traumatic experience. In between the two moments of the study there was a period of two weeks. The results, analyzed by content analysis, revealed that adolescents see benefits in their negative experiences, especially in their relationships with others, in social support and in a more positive view of themselves. The results also show that talking about these benefits have a positive impact and give a new perspective upon the experience, that most adolescents have not seen until then.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4937
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie039645_tm.pdf1,35 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.