Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/4986
Título: As expectativas dos jovens em relação ao acompanhamento psicológico
Autor: Miguel, Débora Filipa Crista
Orientador: Bizarro, Luísa Maria Gomes, 1959-
Palavras-chave: Adolescentes - psicologia
Orientação psicológica
Teses de mestrado - 2011
Data de Defesa: 2011
Resumo: As expectativas têm sido consideradas um factor que se pensa influenciar o processo e os resultados psicoterapêuticos e podem ser definidas como crenças antecipatórias que os pacientes trazem consigo para o acompanhamento psicológico. As expectativas podem englobar crenças relativas aos procedimentos, resultados, terapeutas e outros aspectos do processo terapêutico e surgem relacionadas com a eficiência que o cliente espera (expectativas de resultado) e com os comportamentos esperados existir numa situação de acompanhamento psicológico (expectativas de papel). O presente estudo procura avaliar as expectativas dos jovens relativamente ao acompanhamento psicológico, comparando as opiniões de jovens expostos ao trabalho do psicólogo em contexto escolar com jovens cuja escola não tem Serviço de Psicologia e Orientação. Pretende-se avaliar se o facto do psicólogo se encontrar inserido no ambiente escolar proporciona alguma familiarização dos jovens com o papel e prática da Psicologia. Neste estudo participaram 31 jovens, com idades compreendidas entre os 12 e os 13 anos de idade, divididos em dois grupos. Em termos metodológicos, optou-se por recorrer a uma metodologia qualitativa, tendo sido aplicado um questionário de resposta aberta, adaptado da entrevista semi-estruturada de Surf e Lycnh (1999). Para analisar os dados recolhidos, recorreu-se à análise de conteúdo que permitiu concluir que as opiniões dos jovens apresentam pequenas diferenças. Embora a análise dos dados tenha verificado que, na sua maioria, os jovens revelam uma opinião positiva em relação ao acompanhamento psicológico, os jovens da escola com SPO apresentaram uma tendência para expressar expectativas mais adequadas relativamente ao papel do psicólogo e ao próprio processo terapêutico. Estes dados sugerem que a presença ou ausência do psicólogo em meio escolar pode contribuir para o conhecimento e familiarização dos jovens com a Psicologia.
Expectations have been considered a factor that influence the psychotherapeutic process, results and can be defined as anticipatory beliefs that patients bring to counseling. Expectations may include beliefs concerning the procedures, results, therapists and other aspects of the therapeutic process and appear related to the efficiency that the client expects (outcome expectations) and the expected behaviors in counseling (role expectations). This study aims to assess the expectations of adolescents in relation to counseling, comparing the views of adolescents exposed to the work of counselors in schools with youngsters whose school does not have Psychology and Guidance Services. It is intended to assess whether the counselor that are included in the school provides some familiarity about the role and practice of psychology. This study involved 31 adolescents with 12 and 13 years old, divided into two groups. In methodological terms, was used a qualitative methodology and applied an open-response questionnaire adapted from a study of Surf and Lynch (1999). To analyze the data collected was used content analysis which concluded that the opinions of youngsters have small differences. Although data analysis has determined that in most cases adolescents show a positive opinion regarding the counseling, the adolescents of the school with Psychology and Guidance Services. had a tendency to express more appropriate expectations regarding the role of the counselor and therapeutic process. These data suggest that the presence or absence of the counselor in the school environment may contribute to the knowledge and familiarity with psychology.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/4986
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie039674_tm.pdf847,59 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.