Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia (FP) >
FP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5004

Título: Necessidades psicológicas ao longo do desenvolvimento : a importância dos pais no processo de regulação da satisfação das necessidades
Autor: Almeida, Maria Teresa Silva Féria de
Orientador: Sá, Maria Isabel Real Fernandes de, 1959-
Palavras-chave: Necessidades psicológicas
Complementaridade paradigmática
Psicologia do desenvolvimento
Teses de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: O Modelo de Complementaridade Paradigmática defende um conjunto de necessidades psicológicas apresentadas enquanto sete polaridades dialécticas: proximidade-autonomia, prazer-dor, produtividade-lazer, controlo-cedência, exploração-tranquilidade, coerência do self-incoerência do self e auto-estima/auto-crítica. De acordo com o Modelo, o bem-estar depende da adequada regulação da satisfação das necessidades. Esta regulação resulta de uma instância do self: a sua agência. O self desenvolve-se ao longo da infância e a sua agência está dependente do desenvolvimento cognitivo, concluído apenas na adolescência. Desta forma, parece que a regulação da satisfação das necessidades está, em certa medida, dependente dos pais. Por forma a tornar adequada esta regulação, é necessário reconhecer e promover experiências correspondentes às necessidades das crianças. As necessidades psicológicas, mais concretamente as sete polaridades, emergem em momentos diferentes do desenvolvimento. É, assim, apresentada uma proposta com base em dados das teorias do desenvolvimento (em particular Erikson e Piaget), para a emergência das necessidades. Espera-se que os pais vão ao encontro da proposta apresentada e reconheçam a importância e promovam experiências relacionadas com as necessidades existentes em cada etapa. Desta forma, este dois aspectos foram avaliados por um questionário aplicado a pais de crianças de idade pré-escolar e escolar. Nestas etapas de desenvolvimento, em particular, esperava-se encontrar diferenças significativas ao nível da polaridade produtividade-lazer, que emerge na idade escolar. Acreditava-se, ainda, que a polaridade coerência do selfincoerência do self não iria ser reconhecida como importante nem promovida em qualquer das etapas, por emergir apenas na adolescência. Procurou-se perceber, também, a relação entre o reconhecimento da importância e a promoção das necessidades. Os resultados não foram ao encontro do esperado, uma vez que não foram encontradas diferenças significativas ao nível da polaridade produtividade-lazer e todas as polaridades foram reconhecidas como sendo importantes e promovidas. Verificou-se ainda que existe uma relação forte entre o reconhecimento de importância e a promoção.
The Paradigmatic Complementary Model argues a set of psychological needs presented as seven dialectic polarities: proximity-autonomy, pleasure-pain, productivity-restfulness, control-cede, exploration-tranquility, coherence of self-incoherence of self, and selfesteem/ self-criticism. According to the Model, well-being depends on the adequate regulation of the satisfaction of needs. This regulation results from an instance of the self: its agency. Self develops throughout childhood and its agency is dependent on the cognitive development, and its conclusion occurs only in adolescence. Thus it seems that the regulation of needs satisfaction is, to some extent, dependent on the parents. In order to make this regulation suitable, it is necessary to recognize and promote experiences that correspond to the children’s needs. The psychological needs, more specifically the seven polarities, emerge in different development stages. It is therefore presented a proposal based on data from different development theories (particularly Erickson and Piaget) to cover the emergence of the needs. It is expected that parents will meet the presented proposal and recognize the importance and promote experiences related to the existent needs of each stage. Accordingly, these two aspects were evaluated through a questionnaire implemented for parents of preschoolers and school aged children. In these development stages, in particular, it was expected to encounter significant differences in productivity-restfulness polarity, which emerge at school age. It was also expected to find that the polarity coherence of selfincoherence of self was not going to be seen as important, nor promoted in any of the stages, since it only emerges in adolescence. An attempt was also made to understand the connection between the recognition of the importance of needs and their promotion. The results didn’t meet the expectations, since there weren’t significant differences in the polarity productivityrestfulness, and every other polarity was recognized as being important and promoted. It was also found that there is a strong relation between the recognition of importance and promotion.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/5004
Appears in Collections:FP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfpie039661_tm.pdf903,6 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia