Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa / University of Lisbon Centre for English Studies (CEAUL/ULICES) >
CEAUL/ULICES - Livros e Capítulos de Livros >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5028

Título: The British Empire. Ideology, Perspectives, Perceptions
Outros títulos: O Império Britânico. Ideologia, perspectivas, percepções
Autor: Faria, Luísa Leal de
Ferreira, J. Carlos Viana
Silva, Elisabete Mendes
Levkovych, Oksana
Serras, Adelaide Meira
Ferreira, Isabel Simões
Gomes, Carla Larouco
Pinney, Christopher
Fonseca, Maria Emília
Baptista, Cristina
Malafaia, Teresa de Ataíde
Mendes, Ana Cristina
Palavras-chave: Estudos Culturais
Imperialismo
Colonialismo
Identidade
Issue Date: 2010
Editora: Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa (CEAUL/ULICES)
Resumo: O núcleo de investigadores dedicado aos estudos de cultura do Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa empenhou boa parte da sua actividade, no ano de 2008-2009, na preparação de duas jornadas temáticas sobre o Império Britânico. Para a escolha deste objecto de investigação convergiram os interesses individuais dos investigadores, mobilizados para o estudo sistemático de conceitos como império e imperialismo, colónia e colonialismo, de ideologias como o liberalismo, ou para o estudo de representações de identidade. Com o intuito comum de examinar criticamente uma multiplicidade de discursos sobre o Império Britânico, as comunicações que agora são publicadas sustentam diferentes possibilidades de aproximação metodológica aos estudos de cultura e posicionam o diálogo entre elas como instrumento de desenvolvimento do conhecimento em torno de um mesmo objecto. O Império Britânico é, assim, interpelado na sua origem enquanto portador de uma “missão civilizadora” e são examinados discursos de supremacia europeia crescentemente desconstruídos pelas novas linhas de análise cultural, sensíveis estas à dissonância, à dúvida, ao silêncio e ao “não dito” das culturas em presença. O confronto e o conflito entre a cultura dominante e as culturas subordinadas, a construção de novas identidades, a instabilidade dos sujeitos foram, nestas jornadas, objecto de apresentações inovadoras em suportes visuais, como a pintura, a fotografia ou o filme.
Arbitragem científica: no
URI: http://hdl.handle.net/10451/5028
ISBN: 978-972-8886-13-4
Appears in Collections:CEAUL/ULICES - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:

File Description SizeFormat
The British Empire.pdf844,84 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE