Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/5075
Título: A importância das memórias dos cuidados recebidos na infância e a qualidade do investimento parental em mães de bebés pré-termo
Autor: Freitas, Eva Helena Sousa
Orientador: Justo, João Manuel Rosado de Miranda, 1958-
Palavras-chave: Memórias de infância
Relação mãe-criança
Parentalidade
Teses de mestrado - 2011
Data de Defesa: 2011
Resumo: Objectivo: O objectivo principal deste estudo foi articular a qualidade do investimento realizado pelas mães que viveram um parto pré-termo relativamente às suas crianças com as memórias das relações estabelecidas com as figuras parentais nas suas infâncias. Instrumentos: Cada participante tinha que preencher, em conjunto com a investigadora, um Questionário Sócio-Demográfico e em seguida era-lhe entregue um protocolo com quatro questionários: a Escala de Satisfação com o Suporte Social (ESSS), a Escala de Satisfação em Áreas da Vida Conjugal (EASAVIC), o Parental Bonding Intrument (PBI) e a Escala de Investimento Parental na Criança (EIPC), administrados exactamente por esta ordem. Hipóteses: Foram testadas quatro hipóteses que relacionavam a Satisfação com o Suporte Social, a Satisfação Conjugal e o Cuidado e Superprotecção Parentais com (H1) a Aceitação do Papel Parental, com (H2) o Prazer no papel parental, com (H3) o Conhecimento e a Sensibilidade perante as necessidades da criança e com (H4) o Investimento Parental Total. Resultados: As hipóteses H1, H2 e H4 foram parcialmente confirmadas, destacando-se particularmente a contribuição das memórias relativas à superprotecção do pai. A H3 não foi confirmada mas mostrou que as variáveis relacionadas com o parto desempenham um papel importante nesta temática. Conclusão: Os dados obtidos permitem concluir que as recordações relacionadas com os cuidados recebidos na infância, por parte das figuras parentais, parecem influenciar positivamente a qualidade do investimento parental na criança.
Objective: The main goal of this study was to articulate the quality of parental investment towards children by mothers who experienced a preterm delivery with the memories of relations established by these mothers with their parental figures during childhood. Instruments: Each participant had to fill, together with the researcher, a sociodemographic questionnaire and after that it was given a protocol with four questionnaires: the Escala de Satisfação com o Suporte Social (ESSS), the Escala de Satisfação em Áreas da Vida Conjugal (EASAVIC), the Parental Bonding Instrument (PBI) and the Escala do Investimento Parental na Criança (EIPC), exactly in this order. Hypotheses: Four hypotheses were tested relating Satisfaction with Social Support, Marital Satisfaction and Parental Care and Overprotection to (H1) Acceptation of Parental Role, to (H2) Pleasure concerning the parental role performance, to (H3) Knowledge and Sensitivity while facing children needs and to (H4) Total Parental Investment. Results: Hypotheses H1, H2 and H4 were partially confirmed, with a particularly important contribution from memories related to father’s overprotection. H3 was not confirmed but showed that variables related to delivery play a very important role in this area. Conclusion: The data obtained showed that memories related to the care received during childhood appear to influence the quality of parental investment in children positively.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011
Os Anexos encontram-se no CD-ROM apenso ao exemplar em papel.
URI: http://hdl.handle.net/10451/5075
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie039695_tm.pdf722,62 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.