Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia (FP) >
FP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5093

Título: Neofobia alimentar e hábitos alimentares em crianças pré-escolares e conhecimentos nutricionais parentais
Autor: Filipe, Ana Patrícia Pantoja da Silva Paisana
Orientador: Barros, Maria Luísa, 1957-
Palavras-chave: Comportamento alimentar
Crianças em idade pré-escolar
Hábitos alimentares
Teses de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: O presente estudo tem como objectivo conhecer o contributo de alguns determinantes psicológicos do comportamento alimentar das crianças pré-escolares, através do estudo do comportamento alimentar e da neofobia alimentar da criança, e dos conhecimentos nutricionais parentais. A amostra é constituída por 85 pais de crianças que frequentavam Jardins-de-Infância de um Agrupamento de Escolas de Torres Vedras cujas idades eram compreendidas entre os 5 e 6 anos. Foi pedido aos pais para responderem a 4 questionários, Questionário sobre Dados Sócio-Demográficos, Escala de Neofobia Alimentar em Crianças (Pliner, 1994), Questionário sobre Hábitos Alimentares Infantis (Andrade, Gomes e Barros, 2010) e Questionário sobre Conhecimentos Nutricionais (Vereecken e Maes, 2010). Os resultados indicam que as crianças com níveis de neofobia alimentar altos têm hábitos alimentares significativamente piores que as crianças com níveis de neofobia baixos, e que a associação entre a neofobia alimentar das crianças e os conhecimentos nutricionais parentais não é significativa. Foram ainda encontradas associações significativas entre a neofobia alimentar e os hábitos alimentares em termos da frequência de consumo dos alimentos e da familiaridade com alimentos diversificados, diferenças significativas entre os pais com o 9º ano de escolaridade e os pais com ensino superior e entre os pais com nível sócio-económico médio e os pais com nível sócio-económico médio-alto e alto em relação aos conhecimentos nutricionais, e entre pais de níveis de escolaridade diferente em relação ao número de refeições habituais. Estes resultados podem ser utilizados para estruturar intervenções futuras dirigidas a pais/encarregados de educação e educadores de infância, que tenham como objectivo a promoção de comportamentos alimentares saudáveis na idade pré-escolar.
This study aims to understand the contribution of psychological determinants in the eating behavior of preschool children through the study of feeding and food neophobia of the child, as well as parental nutritional knowledge. The sample consists of 85 parents of children attending kindergartens of a grouping of schools in Torres Vedras, whose ages were between 5 and 6 years. Parents were asked to answer 4 different questionnaires, Socio-Demographic Data Questionnaire, Children’s Food Neophobia Scale (Pliner, 1994), Children’s Eating Habits Questionnaire (Andrade, Gomes e Barros, 2010) and Nutritional Knowledge Questionnaire (Vereecken e Maes, 2010). Results indicate that children with high levels of food neophobia have significantly worst eating habits than those with lower levels of food neophobia, and that the association between the child’s food neophobia and parental nutritional knowledge is not significant. We also found significant associations between food neophobia and eating habits regarding food consumption frequency and food diversity awareness, significant differences between nutritional knowledge of parents who concluded 9th grade and those with a college degree and among parents with medium socio-economical level and parents with medium-high and high socio-economical levels concerning the. We also found significant differences between parents with different levels of education regarding the child’s number of usual meals. These results can be used to structure future interventions towards parents and early childhood educators which aim to promote healthy eating habits in pre-scholar age.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica da Saúde e da Doença), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/5093
Appears in Collections:FP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfpie039693_tm.pdf868,73 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE