Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5127

Título: Paleotipologias diagenéticas em formação carbonatadas do Jurássico Médio da Bacia Lusitânica: análise multiscala e aplicações à caracterização de reservatórios
Autor: Inês, Nuno Manuel Ferreira
Orientador: Azerêdo, Ana Cristina Costa Neves dos Santos, 1957-
Palavras-chave: Jurássico Médio
Bacia Lusitânica
Litótipos carbonatados
Análise multiscala
Diagénese
Porosidade
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: O presente trabalho consistiu na realização duma análise multiscala de vários litótipos carbonatados seleccionados, originários de 15 locais diferentes e referentes a formações de meio marinho interno do Jurássico Médio da parte sul do Maciço Calcário Estremenho, localizado no sector central da Bacia Lusitânica. Esta análise tem como principal objectivo criar uma articulação sólida entre os estudos realizados à macroscala/mesoscala e à microscala, visando principalmente uma caracterização petrográfica pormenorizada, em especial das características que têm significado em termos de porosidade e de permeabilidade, de modo a ser possível aferir o papel da diagénese na definição de reservatórios carbonatados. Para tal, aplicaram-se diversas técnicas às mesmas amostras, para obter dados comparativos e testar a adequação de cada método aos objectivos definidos. O estudo centrou-se na caracterização diagenética de cada litótipo, visando principalmente composição e textura, litofácies, génese e tipos de porosidade, apreciação qualitativa preliminar da permeabilidade. Em função dos dados, identificou-se o tipo de reservatórios presentes. Verificou-se que: os reservatórios presentes na área de estudo são essencialmente controlados por diagénese, correspondendo normalmente a reservatórios diagenéticos e a reservatórios dolomíticos, e a armadilhas estratigráficas; a génese de porosidade é em geral devida à actuação de processos diagenéticos; a porosidade não colmatada corresponde a porosidade secundária, é em geral pobre/razoável; os processos diagenéticos mais importantes para a geração da porosidade são compactação, dolomitização, dissolução e desdolomitização; a permeabilidade na globalidade das amostras é baixa/nula.
The present work corresponds to a multiscale analysis of several carbonate lithotypes from 15 different locations, referring to inner marine formations from the Middle Jurassic of the southern part of of the Maciço Calcário Estremenho region, in the central sector of the Lusitanian Basin. This analysis is mainly aimed at building up a solid articulation between the macroscale/mesoscale study and the microscale studies, allowing a detailed petrographic characterization, especially focused on the features that are more meaningful as regards to porosity and permeability. This, in turn, allows evaluation of the role of diagenesis in the definition of carbonate reservoirs. For these purposes, several techniques have been applied to the same samples, in order to obtain comparative data and to test which method applies better to the different objectives. The study focused in the diagenetic characterization of each lithotype, mainly targeting composition and texture, lithofacies, genesis and porosity types and preliminary qualitative assessment of permeability. Depending on the data, the types of reservoirs have been identified. The results show that: the reservoirs of the study area are essentially controlled by diagenesis, mostly corresponding to diagenetic reservoirs and dolomitic reservoirs, and to stratigraphic traps; the generation of porosity is due to the development of diagenetic processes; the non-filled porosity corresponds to secondary porosity, which is usually poor/fair; the most important diagenetic processes for the generation of this porosity are compaction, dolomitization, dissolution and dedolomitization; the permeability is usually low/null.
Descrição: Tese de mestrado, Geologia (Estratigrafia, Sedimentologia e Paleontologia), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/5127
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc055969_tm_Nuno _Ines.pdf7,28 MBAdobe PDFView/Open
ulfc055969_tm_Errata.pdf193,74 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE