Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Educação (IE) >
GI Educação Tecnologia Sociedade (IE-GIETS) >
IE - GIETS - Artigos em Revistas Nacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5287

Título: Adaptação para a língua portuguesa de um questionário sobre competências e atitudes relativas aos computadores e à Internet: relação, predição e diferença
Autor: Jorge, Idalina
Palavras-chave: Atitudes relativas aos computadores e à Internet
Competências de utilização dos computadores
Competências de utilização da Internet
Issue Date: 2011
Editora: Educom - Associação Portuguesa de Telemática Educativa
Citação: Educação, Formação & Tecnologias, 4, 2011
Resumo: Neste artigo referem-se os fundamentos e procedimentos adoptados para adaptar um questionário de atitudes face aos computadores e à Internet. A partir de um questionário concebido por Liaw (2002) em língua inglesa, utilizaram-se os procedimentos habituais na adaptação de um instrumento de medida já existente: tradução, adaptação para o idioma alvo e determinação das qualidades psicométricas, no que se refere a questões de validade e de precisão. A avaliação das competências e atitudes face aos computadores e à Internet é hoje considerada relevante na selecção e preparação dos recursos humanos e de estudantes em cursos a distância, de participantes em acções de formação que recorram às TIC como ferramenta de trabalho. Por isso, construir e/ou adaptar instrumentos que nos permitam medir com precisão estas dimensões, torna-se de crucial importância, uma vez que o recurso à Internet em situações de formação é cada vez mais frequente. Os resultados da aplicação da versão portuguesa indicam que existem diferenças significativas nas atitudes relacionadas com os computadores e a Internet em algumas variáveis demográficas, mas não em todas elas, que existe uma forte correlação entre as duas escalas de atitudes, relativas aos computadores e à Internet, que o tempo de utilização da Internet e o tempo de utilização de um processador de texto são as experiências com maior influência nas atitudes em relação aos computadores e à Internet e que quanto maior é a experiência, mais favoráveis são as atitudes.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/5287
ISSN: 1646-933X
Versão do Editor: http://eft.educom.pt/index.php/eft
Appears in Collections:IE - GIETS - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
cwas_2010_revisto_ago2011[uv.docx76,52 kBMicrosoft Word XMLView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia