Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Educação (IE) >
GI Educação Tecnologia Sociedade (IE-GIETS) >
IE - GIETS - Artigos em Revistas Nacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5294

Título: Auto-eficácia e satisfação profissional dos Professores: colocando os construtos em relação num grupo de professores do ensino básico e secundário
Autor: Pedro, Neuza
Palavras-chave: Professores
Satisfação Profissional
Auto-eficácia
Issue Date: 2011
Citação: Revista de Educação, Vol. XVIII, nº 1, 2011, 23 - 47
Resumo: O presente estudo pretendeu analisar os índices de auto-eficácia evidenciados pelos professores, o nível de satisfação profissional experienciado pelos docentes e a associação entre os dois construtos psicológicos indicados, sentido de auto-eficácia e satisfação profissional. O estudo contou com a participação de 114 professores que responderam online aos instrumentos utilizados. Os resultados tendem a evidenciar que os professores inquiridos relevam índices elevados de auto-eficácia, ainda que a sua percepção pessoal de eficácia se revele distinta em diferentes domínios da actividade docente. Em sentido oposto, concluiu-se que os professores evidenciam baixos níveis de satisfação profissional, sendo os valores registados indicativos de um forte sentimento de descontentamento profissional. Foram ainda encontradas correlações positivas e significativas entre o sentido de auto-eficácia e a satisfação profissional dos professores.
This study attempt to analyze teachers‟ self-efficacy beliefs, considering distinctly the different action domains that constitutes teachers activities; teachers‟ level of job satisfaction, as well as the factors responsible for the sense of satisfaction/dissatisfaction promoted by their jobs; the association between the two psychological constructs: sense of self-efficacy and job satisfaction. The study included 114 teachers that responded to two online questionnaires. The results showed that teachers exhibit high levels of self-efficacy, although their personal perception of efficacy reveals differences in the distinguished domains. In the opposite direction, results evidence that teachers tend to feel dissatisfied and discourage with teaching as a profession. It was also found positive and strong correlation between teacher self-efficacy and job satisfaction.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/5294
Versão do Editor: http://revista.educ.fc.ul.pt/arquivo/vol_XVIII_1/artigo2.pdf
Appears in Collections:IE - GIETS - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Auto-eficácia.pdf382,11 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE