Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Educação (IE) >
GI Educação Tecnologia Sociedade (IE-GIETS) >
IE - GIETS - Artigos em Revistas Nacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5294

Título: Auto-eficácia e satisfação profissional dos Professores: colocando os construtos em relação num grupo de professores do ensino básico e secundário
Autor: Pedro, Neuza
Palavras-chave: Professores
Satisfação Profissional
Auto-eficácia
Issue Date: 2011
Citação: Revista de Educação, Vol. XVIII, nº 1, 2011, 23 - 47
Resumo: O presente estudo pretendeu analisar os índices de auto-eficácia evidenciados pelos professores, o nível de satisfação profissional experienciado pelos docentes e a associação entre os dois construtos psicológicos indicados, sentido de auto-eficácia e satisfação profissional. O estudo contou com a participação de 114 professores que responderam online aos instrumentos utilizados. Os resultados tendem a evidenciar que os professores inquiridos relevam índices elevados de auto-eficácia, ainda que a sua percepção pessoal de eficácia se revele distinta em diferentes domínios da actividade docente. Em sentido oposto, concluiu-se que os professores evidenciam baixos níveis de satisfação profissional, sendo os valores registados indicativos de um forte sentimento de descontentamento profissional. Foram ainda encontradas correlações positivas e significativas entre o sentido de auto-eficácia e a satisfação profissional dos professores.
This study attempt to analyze teachers‟ self-efficacy beliefs, considering distinctly the different action domains that constitutes teachers activities; teachers‟ level of job satisfaction, as well as the factors responsible for the sense of satisfaction/dissatisfaction promoted by their jobs; the association between the two psychological constructs: sense of self-efficacy and job satisfaction. The study included 114 teachers that responded to two online questionnaires. The results showed that teachers exhibit high levels of self-efficacy, although their personal perception of efficacy reveals differences in the distinguished domains. In the opposite direction, results evidence that teachers tend to feel dissatisfied and discourage with teaching as a profession. It was also found positive and strong correlation between teacher self-efficacy and job satisfaction.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/5294
Versão do Editor: http://revista.educ.fc.ul.pt/arquivo/vol_XVIII_1/artigo2.pdf
Appears in Collections:IE - GIETS - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Auto-eficácia.pdf382,11 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia