Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5352

Título: Júlio César Machado cronista de teatro: os folhetins d'A revolução de Setembro e do Diário de Notícias
Autor: Ferreira, Licínia Rodrigues
Orientador: Camões, José,1958-
Palavras-chave: Machado,Júlio César,1835-1890
Teatro - Portugal - séc.19
Imprensa periódica - Portugal - séc.19
Teses de mestrado - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: Através do folhetim – uma categoria jornalístico-literária indissociável da imprensa periódica oitocentista –, procuramos nesta dissertação traçar um panorama do movimento teatral de Lisboa entre os anos de 1850 e 1890. Para isso, recorremos aos folhetins de Júlio César Machado, celebrado autor na época, particularmente os d’A Revolução de Setembro e os do Diário de notícias. Tratando-se de uma figura muito ligada ao teatro – como tradutor, dramaturgo, biógrafo e crítico –, revela-se um observador atento das transformações que a sociedade sofre, bem como dos sinais de mudança nas correntes artísticas. O olhar que Júlio César Machado lança sobre os espectáculos, os públicos, as figuras de palco e a literatura dramática, transposto para as suas crónicas em folhetim, e para a sua obra em geral, ergue-se, assim, como importante documento para a história do teatro em Portugal.
ABSTRACT: The present dissertation intends to trace a wide view of Lisbon’s theatrical movement between 1850 and 1890, supported on the feuilleton, a journalistic/literary genre, highly related with the nineteenth century periodical press. In order to fulfil this purpose, we explore the feuilletons of Júlio César Machado, a renowned writer at that time, particularly those of the newspapers A Revolução de Setembro and Diário de Notícias. Being Machado a well known intellectual in the theatre scene as a translator, dramaturge, biographer and critic, he reveals himself a sharp observer of the social transformations as well as of the signs of change in the artistic streams. Júlio César Machado’s view on the shows, the audiences, the stage artists, and on the dramatic literature, documented in his chronicles and in his works in general, emerges as an important source of information for the history of the Portuguese Theatre.
Descrição: Tese de mestrado, Estudos de Teatro, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/5352
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfl106439_tm.pdf1,13 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE