Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/537

Título: A esthetic realism
Autor: Morais, Inês de Oliveira Baptista de
Orientador: Ferraz, Maria de Lurdes A., 1942-
Tamen, Miguel, 1960-
Palavras-chave: Filosofia literária
Filosofia da arte
Estética
Realismo
Teses de doutoramento
Issue Date: 2009
Resumo: A dissertação defende o realismo em estética em particular, no que diz respeito às propriedades estéticas das obras de arte (incluindo obras literárias). O capítulo 1 caracteriza o debate geral sobre realismo acerca do mundo exterior, e de seguida o debate na estética e na filosofia da arte respeitante ao realismo estético. Os capítulos 2 e 3 consideram dois desafios proeminentes ao realismo estético. O capítulo 2 examina um ataque geral à objectividade dos valores. O capítulo 3 examina uma tese que alegadamente inviabiliza o realismo estético: a chamada tese da autonomia'. Ambas as formas de oposição ao realismo são rejeitadas. O capítulo 4 é sobre o ensaio de Hume Sobre o Padrão do Gosto'. Será sugerido que o sentimentalismo de Hume é compatível com, e talvez sustenta um realismo estético moderado. Os capítulos 5 e 6 fazem uma defesa positiva do realismo estético. O capítulo 5 invoca alguns argumentos principais a favor do realismo
The dissertation defends realism concerning the aesthetic in particular, concerning the aesthetic properties of works of art (including works of literature). Chapter 1 characterizes the general debate over realism about the external world, and then the specific debate in aesthetics and the philosophy of art concerning aesthetic realism. Chapters 2 and 3 consider two prominent challenges to aesthetic realism. Chapter 2 examines a general attack on the objectivity of values. Chapter 3 examines a thesis that purports to block aesthetic realism: the so-called autonomy thesis'. Both forms of opposition to realism are rejected. Chapter 4 focuses on Hume's essay Of the Standard of Taste'. It will be suggested that Hume's sentimentalism is compatible with, and perhaps gives support to, a moderate aesthetic realism. Chapters 5 and 6 provide a positive defence of aesthetic realism. Chapter 5 invokes some main arguments for aesthetic realism. Chapter 6 gives a realist account of aesthetic properties.
Descrição: Tese de doutoramento, Estudos de Literatura e da Cultura (Teoria da Literatura), 2009, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000568044
http://hdl.handle.net/10451/537
Appears in Collections:FL - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
20487_ulsd_re512_TD_Ines_Morais1.pdf632,62 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia