Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/537

Título: A esthetic realism
Autor: Morais, Inês de Oliveira Baptista de
Orientador: Ferraz, Maria de Lurdes A., 1942-
Tamen, Miguel, 1960-
Palavras-chave: Filosofia literária
Filosofia da arte
Estética
Realismo
Teses de doutoramento
Issue Date: 2009
Resumo: A dissertação defende o realismo em estética em particular, no que diz respeito às propriedades estéticas das obras de arte (incluindo obras literárias). O capítulo 1 caracteriza o debate geral sobre realismo acerca do mundo exterior, e de seguida o debate na estética e na filosofia da arte respeitante ao realismo estético. Os capítulos 2 e 3 consideram dois desafios proeminentes ao realismo estético. O capítulo 2 examina um ataque geral à objectividade dos valores. O capítulo 3 examina uma tese que alegadamente inviabiliza o realismo estético: a chamada tese da autonomia'. Ambas as formas de oposição ao realismo são rejeitadas. O capítulo 4 é sobre o ensaio de Hume Sobre o Padrão do Gosto'. Será sugerido que o sentimentalismo de Hume é compatível com, e talvez sustenta um realismo estético moderado. Os capítulos 5 e 6 fazem uma defesa positiva do realismo estético. O capítulo 5 invoca alguns argumentos principais a favor do realismo
The dissertation defends realism concerning the aesthetic in particular, concerning the aesthetic properties of works of art (including works of literature). Chapter 1 characterizes the general debate over realism about the external world, and then the specific debate in aesthetics and the philosophy of art concerning aesthetic realism. Chapters 2 and 3 consider two prominent challenges to aesthetic realism. Chapter 2 examines a general attack on the objectivity of values. Chapter 3 examines a thesis that purports to block aesthetic realism: the so-called autonomy thesis'. Both forms of opposition to realism are rejected. Chapter 4 focuses on Hume's essay Of the Standard of Taste'. It will be suggested that Hume's sentimentalism is compatible with, and perhaps gives support to, a moderate aesthetic realism. Chapters 5 and 6 provide a positive defence of aesthetic realism. Chapter 5 invokes some main arguments for aesthetic realism. Chapter 6 gives a realist account of aesthetic properties.
Descrição: Tese de doutoramento, Estudos de Literatura e da Cultura (Teoria da Literatura), 2009, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000568044
http://hdl.handle.net/10451/537
Appears in Collections:FL - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
20487_ulsd_re512_TD_Ines_Morais1.pdf632,62 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE