Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5399
Title: A criatividade na escola : as atitudes dos alunos face às metodologias dos professores
Authors: Nunes, Ercynia Liana de Sá Nogueira Martins
Orientador: Marques, António Ferreira
Keywords: Criatividade (Educação)
Educação artística
Desenho
Relatórios da Prática de Ensino Supervisionada - 2011
Issue Date: 2011
Abstract: O presente estudo é uma reflexão teórica sobre a criatividade no ensino artístico, quais as atitudes que promovem a criatividade nos alunos e quais os métodos a aplicar pelos professores no sentido de a desenvolver ou estimular. Até à presente data, este conceito foi apresentado com definições pouco consensuais, levantando questões de certo modo polémicas. No ensino artístico a criatividade é apresentada como uma premissa de qualidade, revelando-se um dos mais importantes substantivos para um ensino de qualidade. Deste modo, ao longo deste estudo pretende-se entender os aspectos cognitivos que condicionam a criatividade: motivação, imaginação, personalidade e pensamento. A criatividade assume-se na educação artística como uma premissa de sucesso, assumindo-se como característica fundamental para gerar práticas pedagógicas inovadoras, com o objectivo de desenvolver a sociedade. Deste modo, a criatividade torna-se vital para o ensino artístico e para a educação no geral, sendo um princípio fundamental em termos de currículo. O papel do professor do ensino artístico é claro: estimular os métodos, processos, atitudes e competências que desenvolvam a criatividade, encorajando os alunos para a aprendizagem pela descoberta.
The present work is a theoretical reflexion on creativity in art teaching; the attitudes involved in promoting creativity amongst students and the methods which teachers should apply so as to aid development and incentives in learning. Up to the present time, this concept has been presented according to definitions which vary immensely and which raise issues that are, at the very least, polemic. In the education of the arts, creativity is presented as a premiss for quality which stands as being one of the most important nouns when faced with the reality of education. In this way, this paper tries to understand the cognitive aspects which condition creativity: motivation, imagination, personality and thought. Creativity in the education of the arts takes on a premiss of success; it has a fundamental role in pedagogical practices which have, as an essential objective, the development of society. Thusly, creativity becomes vital in the teaching of the arts and education in general and becomes a fundamental principle in curricular terms. The role of the arts teacher becomes clear; to stimulate methods, processes, attitudes and competence which develop creativity thereby encouraging students to learn through the process of discovery.
Description: Relatório da Prática de Ensino Supervisionada, Mestrado em Ensino de Artes Visuais, Universidade de Lisboa, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/5399
Appears in Collections:REIT - Mestrados em Ensino

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ulfpie039764_tm.pdf14,62 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.