Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5432

Título: Perspectivas e desafios na implementação em Portugal da tecnologia de captura e armazenamento de Co2
Autor: Almeida, Hugo Alexandre Neves de
Orientador: Boavida, Dulce
Alves, Jorge Augusto Mendes da Maia, 1958-
Palavras-chave: Percepção pública
Análise de inquéritos
Stakeholders
Captura e Armazenamento de CO2
Tecnologia de Captura e Armazenamento de CO2
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: This dissertation has its main goal to contribute for the perception of potentialities in the application of Carbon Capture and Storage of CO2 Technologies currently in Portugal, in order to understand the challenges and opportunities that arise in this area. This study wants to analyze the perception and opinions of the population of Portugal, in general and in particular of all the interested parts, identified as Stakeholders, concerning to the CCS technology and its possible implementation in Portugal, through the analysis of surveys conducted during the year of 2009. Climate Changes are directly related to the emissions of Greenhouse gases, mainly with the increase in CO2 emissions of anthropogenic origin, especially due to the use of fossil fuels. To act at the level of Climate Change mitigation policy measures have emerged as the Kyoto Protocol, to remind the states of their responsibility and highlighting the importance of reducing this increase in CO2 emissions. Since then, there are several technological advances in order to limit the growth of CO2 emissions, such as in Renewable Energy Sources and Energy Efficiency. Over time it has also emerged a promising technology, known as Capture and Storage of CO2 (CCS). This study presents a description of CCS technology, legal aspects and surrounding public perception, the projects in progress and future projects related to its development. There has been a commitment of the authorities responsible, in particular by the EU, to create the conditions to implement this Technology in order to not cause negative impacts. The study reveals the public perception from main stakeholders in Portugal, through the analysis of inquiries that were made.
Esta dissertação tem como objectivo principal contribuir para a percepção das potencialidades na aplicação das Tecnologias de Captura e Armazenamento de CO2 (CCS do inglês CO2 Capture and Storage) actualmente em Portugal, de forma a compreender os desafios e as oportunidades que se colocam neste domínio. O estudo pretende analisar a percepção e opinião da população de Portugal em geral, e particularmente de todas as partes interessadas, designadas por Stakeholders, relativamente à Tecnologia de CCS e à sua possível implementação em Portugal, através da análise de inquéritos efectuados durante 2009. As Alterações Climáticas estão relacionadas directamente com as emissões de Gases com Efeito de Estufa, principalmente com o aumento das emissões de CO2 de origem antropogénica em especial devido ao uso de combustíveis fosseis. Para actuar a nível da mitigação das alterações climáticas surgiram, na última década, medidas políticas, como o protocolo de Kyoto, responsabilizando os Estados e evidenciando a importância de reduzir as emissões de CO2. Desde então existem vários avanços tecnológicos com o objectivo de limitar a progressão das emissões de CO2, como por exemplo as tecnologias que usam fontes de Energia Renovável e a promoção de medidas de Eficiência Energética. Ao longo do tempo tem surgindo também uma tecnologia promissora, designada por Captura e Armazenamento de CO2 (CCS). Este estudo apresenta também uma descrição da tecnologia CCS, do seu desenvolvimento actual, dos aspectos legais relacionados com a sua implementação e percepção pública, os projectos que estão actualmente em curso e os futuros projectos relacionados com o seu desenvolvimento. Tem havido um empenho das entidades responsáveis, mais especificamente por parte da União Europeia (EU) em criar as condições para implementar a tecnologia CCS de forma a reduzir os impactos negativos.
Descrição: Tese de mestrado, Engenharia da Energia e do Ambiente, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/5432
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc096319_tm_Hugo_Almeida.pdf8,14 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE