Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT) >
IGOT - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5449

Título: Competências linguísticas e trajectórias profissionais dos imigrantes ucranianos e moldavos na AML
Autor: Silva, Eduardo Filipe Cardoso Marques da,1983-
Orientador: Malheiros, Jorge Macaísta,1966-
Palavras-chave: Emigração e imigração - Portugal
Ucranianos - Portugal
Moldavos - Portugal
Integração social - Portugal
Competência linguística
Mobilidade profissional
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: Em termos gerais, este projecto tem como objectivo analisar o actual quadro de integração dos imigrantes do Leste Europeu em Portugal, mais concretamente os ucranianos e moldavos. Inicialmente, serão apresentadas as razões que originaram o surgimento deste novo fluxo migratório e as características específicas deste tipo de imigrante para depois se enunciarem e descreverem as políticas de integração existentes a nível nacional, de forma a compreender-se o contributo que os diversos agentes têm na integração dos imigrantes. Serão abordadas, de um modo mais específico e aprofundado, as suas competências linguísticas e a influência que estas têm na sua integração na sociedade portuguesa, com destaque para a inserção no mercado de trabalho, incluindo-se aqui as questões da mobilidade e progressão profissional. Serão destacados os Cursos de Português para Estrangeiros, nomeadamente aqueles que se inserem no âmbito do Programa “Portugal Acolhe” e a sua importância para o reforço das competências linguísticas e sociais, questão que assumimos à partida como potencialmente relevante para uma integração bem sucedida dos ucranianos e moldavos na área de estudo escolhida – Área Metropolitana de Lisboa e, em particular, o concelho de Vila Franca de Xira.
Abstract: Generally speaking the present paper endeavours to analyse how Eastern European immigrants and specifically those from the Ukraine and Moldova are currently being integrated in Portugal. First the reasons are addressed for this new wave of immigration as well as the specific features characterizing the migrating population involved. At a second stage, there will be presented the Portuguese integration policies and instruments presently in place, in order to properly assess the contributions each of these national institutions provide to the integration of immigrants. Particular emphasis will be placed on Portuguese language skills held by the aforementioned groups of immigrants and the relevance this factor bears for their integration into Portuguese society, specially their integration into the labour market including the question of their professional progress and job mobility. Another focal point will be courses of Portuguese as a foreign language and particularly those provided under the auspices of the Program “Portugal Acolhe”, and the importance these courses have for a successful integration of Ukrainians and Moldavians within the chosen area of this study, which is the Lisbon Metropolitan area and Vila Franca de Xira in particular.
Descrição: Tese de mestrado, Geografia - População, Sociedade e Território, Universidade de Lisboa, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/5449
Appears in Collections:IGOT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
igotul001139_tm.pdf725,52 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia