Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/5511

Título: Hazzard logging and management system
Autor: Leal, Maria João Roque Barbado
Orientador: Antunes, Pedro A. M., 1964-
Santos, Paula Luisa Costa Teixeira
Palavras-chave: NAV Portugal
Hazards log
Web services
Safety management system
Trabalhos de projecto de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: No âmbito do sistema de gestão da segurança (SMS), existente nos serviços de controlo de tráfego aéreo, uma variedade de perigos, para os serviços prestados, são identificados e classificados de acordo com seu potencial impacto. Estes perigos precisam ser seguidos e devem ser geridos de uma forma clara e eficiente, desde a fase de concepção do sistema, ou de qualquer alteração importante feita nos sistemas em operação, até à sua retirada de serviço. A principal missão da NAV Portugal é proporcionar serviços de controlo de tráfego aéreo nas Regiões de Informação de Voo (RIV) de responsabilidade Portuguesa (Lisboa e Santa Maria), assegurando que as normas nacionais e internacionais sejam cumpridas nas melhores condições de segurança, optimizando capacidades, e enfatizando a eficiência, não deixando de lado as preocupações ambientais. Na NAV Portugal este processo ainda é baseado papel e carece de um sistema central onde toda a informação pode ser armazenada de forma consistente, actualizada e acedida. Este projecto de nove meses teve como principal objectivo analisar e desenvolver uma solução para registar perigos e toda a informação associada, tal como acções de mitigação, a frequência aceitável de ocorrências, as próprias ocorrências e os seus impactos. O sistema de registro e gestão de perigos foi desenvolvido com a supervisão da Eng. Paula Santos, chefe da área SISQUA (Sistemas de Gestão de Qualidade e Safety). SISQUA é uma das quatro áreas que compõem o Departamento de Sistemas e Tecnologia da Informação (DSTI). DSTI representa a empresa em assuntos nacionais e internacionais relacionadas com a evolução do ATM. Devido ao papel crítico desempenhado pelos prestadores de serviços de controlo de tráfego aéreo no transporte diário de milhares de pessoas, a NAV Portugal tem implementado um extenso Sistema de Gestão Ambiental e de Qualidade, em conformidade com os requisitos da NP EN ISO 9001:2008 e NP EN ISO 14001:2004 (+ Emenda 1: 2006). Este sistema de gestão abrange a prestação de serviços de navegação aérea em geral e outros serviços relacionados, tais como Gestão de Informações Aeronáuticas (AIM), das Comunicações, Navegação e Vigilância (CNS), treinamento e serviços de desenvolvimento de sistemas de ATM. Esta implementação garante, não só, a uniformidade de procedimentos dentro da organização, mas também a conformidade com os procedimentos definidos e transparência exigidos pelos auditores externos. O projecto levado a cabo neste estágio deve, a qualquer tempo, conseguir dar informação sobre os perigos que estão associados a um determinado sistema, como eles podem ser mitigados e se a frequência de ocorrências está dentro do intervalo definido. A solução teve também que incluir módulos para gestão de utilizadores, backup de dados e login para garantir o cumprimento do objectivo principal do projecto. Em termos de desenvolvimento de software, a solução teve que ser desenvolvido de acordo com, não apenas, os requisitos funcionais, mas também os requisitos não-funcionais, tais como, uma boa capacidade de integração com outros sistemas e utilização de tecnologias de código aberto, não proprietárias, estáveis, que garantam a disponibilidade de dados e a sua facilidade de manutenção. Juntamente com a produção de um sistema de gestão e registo de perigos, este projecto teve como objectivo apresentar toda a documentação necessária para garantir que as decisões foram documentadas, justificadas e avaliadas. Entre os documentos exigidos enfatiza-se especialmente o documento de especificações do sistema (DES), o Plano de Gestão de Testes (TMP), o documento dos testes de aceitação (ATD), o documento sobre a arquitectura do sistema(SAS) e o manual do utilizador(OH). Durante a análise de requisitos foi necessário uma representação conceptual dos conceitos que envolviam o projecto. O modelo entidade-relação (ERM) foi o modelo escolhido pela sua abordagem top-down. Este modelo foi evoluiu durante a fase de recolha de requisitos e mostrou ser a mais importante e inovadora realização do projecto. Após as fases de levantamento de requisitos e definição do modelo de dados, foi essencial definir abstractamente a estrutura do sistema. A arquitectura do sistema é uma representação conceptual, baseado na captação de diferentes elementos que descrevem a estrutura do sistema. Uma das principais decisões de arquitectura foi a utilização de serviços Web incorporando o padrão Model View Controller. Esta abordagem, além de todas as vantagens inerentes, também oferece a cobertura de alguns dos requisitos não-funcionais como, interoperabilidade ou acesso à Internet para diversos utilizadores com diferentes tipos de permissões no sistema. A fim de atingir os requisitos e arquitectura definidos uma variedade de tecnologias foram escolhidas, como o GWT e SmartGWT para desenvolvimento da camada de interacção com o utilizador ou o Hibernate para mapeamento da base de dados. Esta decisão teve em conta que as tecnologias utilizadas tinham de ser livre, permitir a evolução do projecto e garantir a fiabilidade e disponibilidade dos dados. Actividades de validação e verificação de produto foram realizadas durante todo o ciclo de vida do projecto, da validação dos requisitos até a testes de aceitação do produto, para atingir, tão cedo, como possível a identificação de problemas, ou insuficiências, reduzindo assim o impacto de mudanças provocadas pela necessidade de correcções, ou adaptações. Durante os nove meses de estágio foram cumpridos todos os objectivos do projecto, pondo em prática os conhecimentos adquiridos na universidade com um alto grau de independência e estar em contacto com novas tecnologias, como o GWT e SmartGWT, trabalhar numa arquitectura orientada a serviços e integrar um ambiente bem estruturado e de assegurada qualidade profissional. O projecto também deu a oportunidade de estudar e analisar uma área estimulante, que é ainda muito baseados em documentos em papel e em que a informática pode ter um impacto considerável. A maior principal do projecto foi a realização de todas as metas no prazo estipulado, devido à sua complexidade e ao facto de que não existirem projectos semelhantes disponíveis para comparar e obter informações.
Under the air traffic services safety management system (SMS) a variety of hazards, to the provided services, are identified and classified according to their potential impact. These hazards need to be followed and should be managed in a clear and efficient way, from a new system design phase, or any important change made in the systems in operation, until their withdrawal from service. In NAV Portugal this process is still paper based and lacks a central system where all the information can be consistently stored, updated and accessed. This project aimed to analyze and develop a solution to register hazards and associated information, such as mitigation actions, acceptable frequency of occurrence, recorded occurrences and their impacts. This solution must, at any time, report on what dangers are associated with a given system, how they may be mitigated and if the hazards frequency of occurrence is within the defined range. Also, the solution had to include a user management, login and data backup modules to ensure the projects main goal accomplishment. In terms of software development, the solution had to be developed according to, not only, functional requirements, but also to non-functional requirements, such as, a good capability of integration with other systems and use stable available open source technologies, that ensured data reliability, availability and maintainability. Alongside the production of an hazard management and logging system, this project aimed to produce the required documentation that ensured all decisions were documented, justified and evaluated. Among the required documentation special emphasis had to be put on the production of the System Specification Document (DES), on the Test Management Plan (TMP), on the Acceptance Tests Document (ATD), on the System Architecture Specification (SAS) and on Operating Handbook (OH). This project has met all its initial goals arousing international interest.
Descrição: Trabalho de projecto de mestrado em Engenharia Informática (Sistemas de Informação), apresentado à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/5511
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc096333_tm_Maria_João_Leal.pdf5,97 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia